Notícias Adventistas

Calebes se mobilizam contra proliferação do Aedes aegypti

Acompanhados por agentes de combate às endemias, estudantes visitaram cerca de 800 casas na Cidade Industrial de Curitiba.

23 de janeiro de 2018

Por Luciene Bonfim

Calebes e Agentes de Combate às Endemias em frente à Unidade de Saúde Vitória Régia

Com o excesso de chuvas nas últimas semanas, é normal o acúmulo de águas paradas em algumas residências, terrenos baldios, locais públicos e privados. No entanto, esse problema resulta na proliferação de mosquitos, e consequentemente, no aumento de focos do Aedes aegypti, mosquito transmissor de doenças como a Dengue, Zika e Chikungunya.

A fim de conter a propagação dos mosquitos causadores de doenças, é necessário que a população seja conscientizada em relação aos riscos iminentes que podem acometer vítimas oriundas dessa situação. Para alertar à comunidade, entre os dias 14 a 17 de janeiro, um grupo com cerca de 50 integrantes da Missão Calebe, se reuniu no bairro Vitória Régia, na Cidade Industrial de Curitiba (CIC), para realizar um mutirão de prevenção e combate ao Aedes aegypti.

Com intuito de eliminar possíveis criadouros do mosquito, estudantes, acompanhados por agentes de combate às endemias, visitaram cerca de 800 casas na região da CIC, e puderam orientar os moradores sobre os cuidados necessários para prevenir o aparecimento de focos do mosquito transmissor da Dengue.

“Ver os Calebes envolvidos nessa ação foi algo muito gratificante, pois é incrível ver esses adolescentes e jovens tão preocupados com o próximo, e com uma disposição gigantesca para ajudar a comunidade”, ressalta a líder do grupo local, Fanciele Sabino.

De acordo com o pastor e líder da Missão Calebe na região central do Paraná, Tiago Santos, além de se sentirem úteis, quando os Calebes suprem as necessidades das comunidades, eles desenvolvem a religião plena, e isso torna-se positivo para ambas as partes. “A cidade ganha porque o problema real é combatido, o número de agentes de saúde aumenta, pois fornecemos um serviço comunitário, que auxilia o poder público, e através dessas ações, mais pessoas são protegidas, e possíveis causadores de doenças são eliminados”, conclui Santos.

 

Confira as imagens:

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox