Notícias Adventistas

Auditório Sérgio Vieira de Araújo é reinaugurado em São Luis.

31 de janeiro de 2018

Por Jaqueline Vargas

Auditório amplo, bem iluminado e todo climatizado, para honra e glória de Deus e melhor atender os irmãos. Momento de louvor e adoração a Deus, com grupo vocal Guimel, dentro do Auditório Sérgio Vieira de Araújo, recém reinaugurado.

No dia 13 de setembro do ano de 2006, foi votado a reforma e ampliação do Auditório do Calt 1. Neste tempo, passou a se chamar Auditório Sérgio Vieira de Araújo, em homenagem a um dos pioneiros da Igreja Adventista no Maranhão.

Sérgio Vieira de Araújo nasceu no Piauí, mas veio para o Maranhão muito jovem. Aceitou a Jesus Cristo como seu Salvador, e passou a ser professor da Classe Bíblica Batismal, todas as segundas feiras. Muitos irmãos e inclusive pastores aqui do Maranhão, tiveram o privilégio de ser seus alunos.

Amava ler a Bíblia, e fez isso 116 vezes. Mesmo quando estava bem idoso e não conseguia mais ler, pedia para que alguém o fizesse.
Viveu mais de 60 anos no Maranhão, e durante todo este tempo, dedicou sua vida ao serviço do Senhor.

Pr. Fausto Farias, Pr. Fernando Lima, Pr. Flávio Santos, Pr. Adimilson Duarte e representando os Anciãos e Diretores de Grupo presentes no Encontro, Ancião Josué.

No dia 27 de janeiro deste ano, o auditório Sérgio Vieira de Araújo foi reinaugurado depois de passar novamente por uma reforma. E contou com a Presença do Pr. Leonino Santiago, Presidente da União Norte Brasileira (UNB), Pr. Flávio Santos, Tesoureiro da UNB, Pr. Fernando Lima, Presidente da Associação Maranhense (AMa), Pr. Fausto Farias, Secretário da AMa e Pr. Adimilson Duarte, Tesoureiro da AMa. Pastor Adimilson Duarte, contou os objetivos de se fazer a reforma no Auditório.

Pr. Adimilson Duarte. Tesoureiro da Associação Maranhense.

“O objetivo principal é que Deus seja honrado. Quando lemos a palavra de Deus e lembramos a forma como o Templo foi construído, nós vemos o cuidado que aqueles homens do passado tiveram em fazer o melhor pra Deus. Ellen G. White chega a dizer o seguinte: “Deus não se agrada com coisa alguma inferior aquilo que nós podemos fazer.” Então, temos que sempre dar o nosso melhor. Outro ponto é que tivéssemos um local adequado para os nossos membros. Já a muito sonhávamos com um lugar que fosse confortável, porque muitas vezes passamos o dia todo em treinamento. E a nossa expectativa é que agora os treinamentos possam atender melhor a nossa igreja e os irmãos possam levar mais informação e disseminar melhor aquilo que aprendem e levam para suas igrejas.”

A sigla CALT significa Centro Adventista de Lazer e Treinamento. O Pr. Fernando Lima, na cerimônia de reinauguração, contou que agora o CALT passa a se chamar CATRE: Centro Adventista de  Treinamento e Recreação. Independente da mudança de nome, o objetivo continua sendo o mesmo, fazer programações que edifiquem e exaltem o nome de Deus.

Momento de desenlace da Fita.

 

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox