Notícias Adventistas

Secretárias de igreja se unem e viabilizam nova congregação

 

Secretárias colaboraram, em média, com 100 Reais para plantar igreja em nova cidade

Nova Mutum Paraná, Rondônia … [ASN] Um ano: esse foi o período em que foi plantada uma semente que já gerou frutos para a Igreja Adventista do Sétimo Dia no norte do país. No último domingo, 24, aconteceu a inauguração da Igreja da Secretaria, com captação dos recursos inteiramente realizada pelas secretárias das igrejas e auxílio de outros voluntários do território da Associação Amazônia Ocidental, que compreende uma parte do estado de Rondônia e o Acre. O município de Nova Mutum Paraná, cerca de 120 quilômetros de Porto Velho, recebeu o templo.

 

 

 

Destacando-se da arquitetura planejada da cidade, a construção traz a identidade da Igreja Adventista do Sétimo Dia na fachada, o que chama ainda mais a atenção pela vila. Com um espaço capaz de acolher 100 pessoas, o auditório esgotou sua capacidade com cerca de 150 pessoas. Estiveram presentes na inauguração muitos moradores da comunidade que não professam a mesma fé dos adventistas. Também prestigiaram o evento o secretário para oito países da América do Sul, pastor Magdiel Perez, o secretário da Igreja Adventista do Sétimo Dia da Região Noroeste, Sérgio Alan, o presidente Associação, Moisés Batista, os secretários de outras associações adventistas do Noroeste do Brasil, Marcelo Miranda e Fernando Rios e o secretário da mesma Associação que recebeu o templo, Abdoval Cavalcanti. “É com muita alegria que inauguramos essa igreja construída com recursos das secretárias das igrejas de todo o campo da AAmO. Essa iniciativa certamente incentivará outros departamentos a fazerem o mesmo”, comentou Batista. Na ocasião foi realizado o batismo de cinco pessoas, frutos do evangelismo feito pelo pastor Francisco Gonçalves.

 

 

 

O município de Nova Mutum Paraná foi planejado para atender os moradores envolvidos pela formação do lago do reservatório da Usina Hidrelétrica Jirau. Com 1.600 casas e capacidade para seis mil moradores, antes da inauguração dessa igreja os adventistas da localidade precisavam ir até o distrito vizinho para praticarem suas atividades apenas aos sábados. Agora é possível aos fiéis participarem dos cultos semanais também por não mais precisarem se deslocar por grandes distâncias. “Todo o trabalho de incentivo de arrecadação dos recursos para a construção valeu a pena. Arrecadar muito mais do que foi proposto foi a resposta do coração que promove a oportunidade de outras pessoas conhecerem Jesus e terem a esperança que nós adventistas temos”, comentou Sheila do Nascimento, secretária do distrito Santa Inês, representante do Acre. [Equipe ASN, Jeane Barboza]

 

 

 

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox