Notícias Adventistas

Oito pastores são ordenados ao ministério no leste gaúcho

A ordenação é a confirmação do chamado para o ministério adventista

11 de dezembro de 2017

Por Eduardo Teixeira

A imposição das mãos por ministros já ordenados é o símbolo da ordenação pastoral

 

A cerimônia de ordenação de 2017 da Associação Sul-rio-grandense (ASR) foi realizada na Igreja Central de Porto Alegre no último sábado, 9 de dezembro e envolveu oito ministros adventistas. Sete deles  da ASR e um que atua em Santa Catarina.

Foram ordenados os pastores Ademilson Alves da Silva, Elton Ricardo de Andrade, Everton Santos, Israel Xavier Santos, Julio Cesar Costa, Rafael Oliveira Reis, Rogério Francisco Silva e Samuel dos Santos Silva. Quem veio do estado vizinho foi Elton Ricardo de Andrade, pois contou com a felicidade de ser ordenado pelo seu pai, o pastor Milton Andrade que é presidente da associação no leste gaúcho.


Entenda a Ordenação
Após se formarem em teologia, os pastores vão para os campos de trabalho e num período de quatro a seis anos passam por avaliações anuais. A ordenação é o reconhecimento da igreja quanto ao chamado do pastor ao ministério, e através da imposição de mãos o pastor é ordenado. A ordenação o habilita a realizar cerimônias batismais e casamentos. Essa etapa do ministério também envolve a família pastoral e por isso, as esposas dos pastores também participam da cerimônia, porém sem receberem a imposição de mãos.

Além dos pastores da ASR estiveram na cerimônia o pastor Mitchel Urbano da União Sul Brasileira e o pastor Carlos Hein da Divisão Sul-Americana, responsáveis pelas áreas ministeriais.

De acordo com Hein, “a Igreja Adventista é uma igreja responsável que acompanha e prepara os seus pastores e esse momento de imposição de mãos, que representa a ordenação, confirma o chamado de Cristo. Isso é uma bênção para o pastor que passa por essa etapa e para os irmãos também é motivo de celebração, pois podem repartir a alegria com pessoas escolhidas por Deus para cumprir o evangelho”.

 

Veja um breve histórico dos pastores ordenados


Ademilson Alves da Silva:
nascido em 23 de fevereiro de 1974 na cidade de Escada-PE.  Começou o seu ministério no início de 2013 na Associação Sul-rio-grandense como pastor do distrito de Camaquã e permaneceu até o final de 2015. No início do ano de 2016, foi convidado a assumir o distrito de Canguçu, onde atua até o presente momento. É casado com Patrícia A. dos Santos Ferreira Silva e tem um filho, Matheus Ferreira Silva.


Elton Ricardo Viana de Andrade:
nasceu em Cuiabá-MT em 26 de outubro de 1990. Em 2014 iniciou suas atividades ministeriais na Associação Sul-rio-grandense onde atuou como pastor auxiliar do distrito do IACS em Taquara até 2016. Em 2017 recebeu um chamado da Associação Catarinense e atualmente exerce a função de pastor distrital de Balneário Camboriú. É casado com Caren Dal’Mora de Quadros Andrade.


Everton Santos:
nasceu em Taquara-RS, em 2 de julho de 1990 e começou o seu ministério na Associação Sul-rio-grandense em 2014, onde atuou como capelão das Escolas Adventistas de Santa Cecília e Santa Isabel, em Viamão, até 2016. Já em 2017 foi transferido para o distrito de Tavares, local em que permanece até hoje. É casado com Rithielly Emerich Prestes Santos.


Israel Xavier de Lima Santos:
natural do Rio de Janeiro-RJ, nasceu em 12 de outubro de 1987. Iniciou seu ministério na Associação Sul-rio-grandense no ano de 2012 no distrito de Vila Augusta, Viamão, onde permaneceu até 2014. Em 2015 assumiu o distrito da Lomba do Pinheiro em Porto Alegre com igrejas em Viamão, onde permaneceu até o final de 2016. Em 2017, devido a reformulação do campo, ficou com a igreja sede de Lomba do Pinheiro e assumiu outras sete igrejas na capital gaúcha. É casado com Isis Colissi Ribeiro Xavier e tem um filho, Miguel de 3 anos.


Julio Cesar de Souza Costa:
nasceu em Palmares do Sul-RS no dia 16 de fevereiro de 1981. Começou seu ministério em 2014 na Associação Sul-rio-grandense no distrito de Rio dos Sinos, onde permaneceu até 2016. No início de 2017 assumiu o seu atual distrito, Parobé. É casado com Ariane Cechinatto e tem duas filhas, Julia de 3 anos e Maiane de 4 meses.


Rafael Oliveira Reis:
natural de São Paulo-SP, nasceu em 13 de dezembro de 1990. Iniciou suas atividades ministeriais na Associação Sul-rio-grandense em 2014 na pastoral educacional no Colégio Adventista de Porto Alegre e depois foi para o IACS, onde trabalha atualmente. É casado com Luciana Oliveira Reis e tem uma filha, Betina.


Rogério Francisco Silva:
natural de São Bernardo do Campo-SP, nasceu em 24 de maio de 1985. Começou seu ministério na Associação Sul-rio-grandense como pastor auxiliar do pastor Luiz Artur Schmidt e serviram juntos no distrito Bom Jesus em Porto Alegre por dois anos. Em 2016 assumiu o distrito de Gramado, onde atua atualmente. É casado com Ana Maria de Souza Magalhães Silva e tem um filho, Melquisedeque.


Samuel dos Santos Silva:
natural de São Paulo-SP, nasceu em 11 de maio de 1983. Iniciou as atividades ministeriais na Associação Sul-rio-grandense no ano de 2013 como pastor educacional no Colégio Adventista de Porto Alegre. Lá permaneceu até 2014. Em 2015 passou a dirigir o Centro de Influência –CVS na capital gaúcha, onde permanece até agora. É casado com Michele de Souza Vasconcelos Silva e tem dois filhos, Felipe de 7 anos e Lucas de um ano e meio.

Para ver todas as fotos, acesse aqui a página da ASR no facebook.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox