Notícias Adventistas

Membros, obreiros e liderança da Igreja discutem divisão de território

 

Delegados na Assembleia

Delegados na Assembleia

São Paulo, SP… [ASN] Dividir para Multiplicar, este foi o tema da Assembleia realizada na Escola Adventista da Liberdade, que discutiu com membros de igrejas, obreiros e pastores da Paulistana, uma possível divisão de território. A região do ABCD e baixada santista tornariam-se juntas uma nova associação, com uma sede em um local ainda a definir. Foi mostrado aos delegados que estavam presentes, dados a respeito de como nasceria esta nova associação e como ficará a divisão. “A importância desta assembleia tem a ver com o milagre da multiplicação, do crescimento da Igreja e das bênçãos. Muitos participaram, levantaram dúvidas e deram sugestões. Eu achei um clima muito espiritual, irmãos muito comprometidos, observações bem fundamentadas e agora as próximas comissões vão estudar esta proposta para que a criação do novo campo possa redundar no crescimento da igreja no Estado de São Paulo”, diz Emannuel Guimarães, secretário para a Igreja em todo o Estado de São Paulo.

De acordo com Domingos Sousa, presidente da Igreja para todo o Estado de São Paulo, foi apenas uma confirmação de tudo aquilo que ele pensa e sabe da Igreja Adventista do Sétimo Dia. “ Deus seja louvado por isso e todo o nosso agradecimento à Associação Paulistana que mais uma vez se dividiu para multiplicar”, afirma o líder. Muitos participaram, levantaram dúvidas e deram sugestões. Segundo o pastor do distrito de Itanhaém a divisão será muito positiva. “Nós teremos um benefício muito grande na região. Crescer para Multiplicar, como diz o tema de nossa reunião. Que possamos crescer muito. Espero que esta nova associação seja uma benção e que muito em breve possamos estar reunidos de novo para dividir esse novo campo”, diz o ministro.

Pastores que dirigiram a cerimônia

Pastores que dirigiram a cerimônia

“Acho maravilhoso a oportunidade de poder optar, de questionar, perguntar, ter a oportunidade de participar desta nova fase da história da Paulistana. É uma oportunidade de crescer”, declara Célia Regina, membro da Igreja de Vicente de Carvalho, no Guarujá. Já Oscar Tapia, membro da IASD de São Caetano do Sul, ficou muito feliz de participar de um momento tão importante para a Igreja em São Paulo. “Essa divisão tenho certeza que vai ajudar no crescimento, no avanço da missão e tenho certeza que todos nós seremos muito beneficiados, porque por intermédio dessa divisão, teremos com avançar, chegar mais perto da irmandade e alcançar todos os objetivos com a missão que Deus nos confiou”, conclui o participante da assembleia. [Equipe ASN, Isadora Schmitt]

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox