Notícias Adventistas

Líderes discutem liberdade religiosa na capital federal

 

Visita tratou de dois assuntos importantes para ambas as igrejasBrasília, DF … [ASN] A liderança brasileira da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (conhecida, também, como Igreja Mórmon) e os líderes da Igreja Adventista do Sétimo Dia se reuniram, na sede sul-americana adventista, em Brasília, nesta terça-feira, 23. O motivo do encontro foi tratar da liberdade religiosa. Na avaliação do pastor Edson Rosa, diretor de Comunicação e Liberdade Religiosa da Igreja Adventista do Sétimo Dia para oito países sul-americanos, a intenção foi a de discutir a respeito dessa área em que as igrejas possuem projetos claros. O pastor Günther Wallauer, diretor sul-americano da Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA), aproveitou a ocasião para apresentar uma visão dos principais projetos desenvolvidos pela agência nas diferentes áreas. Estiveram presentes Paulo Araújo, gerente do departamento de Bem-Estar da Igreja Mórmon e Moroni Torgan, um dos líderes nacionais da Igreja (integrante do grupo chamada Setenta).

O pastor Erton Köhler, líder sul-americano dos adventistas, ressaltou que a Igreja Adventista do Sétimo Dia tem uma preocupação com o respeito à liberdade de crença e expressão religiosa. “Outro aspecto que destacamos, em nossas crenças fundamentais, é a assistência social conforme o relato bíblico. E obviamente, por meio da ADRA, podemos estabelecer algumas parcerias para auxiliar o próximo”, comentou. [Equipe ASN, Felipe Lemos]

 

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox