Notícias Adventistas

Igreja lança pedra fundamental da nova sede adventista no Rio de Janeiro

União Sudeste, região administrativa que comanda a Igreja Adventista nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo

Pastor Maurício explica o porquê da nova sede

Pastor Maurício explica o porquê da nova sede

Ela olhava atenta a cada decisão, votava nas escolhas propostas e se admirava da organização. A professora Rose Pintor era uma, entre os membros considerados leigos, ou seja, que não são pastores ou servidores da Igreja Adventista, mas que participam das comissões que decidem o futuro da igreja e as normas aplicadas. “Eu sempre sou que fazia parte de uma igreja organizada, diferente, mas estar aqui, ver como tudo é decidido, com clareza e idoneidade, isto dá um orgulho na gente”, explica ela que é da Associação Rio-Fluminense.

A comissão diretiva da União Sudeste Brasileira (USEB) aconteceu nesta terça-feira em Itaipava, região serrada do Estado do Rio de Janeiro e reuniu administradores dos nove campos administrativos. Entre os dados apresentados confirmou-se que 75% das igrejas em Minas Gerais, Espírito Santo e Rio de Janeiro têm até 100 membros. Nos dados comparativos entre 2008 e 2012 verificou-se um crescimento palpável na igreja local. No que diz respeito aos membros, eram 157.853 há quatro anos, hoje são 172.354. Isto significa que cada pastor batizava 41 pessoas em média e hoje batiza 46, além disso, ao passo que em 2008 cada ministro tinha oito igrejas, hoje tem 7, podendo dar maior assistência às pessoas. Os distritos pastorais passaram de 257 para 295 em 2013.

Pedra Fundamental

materiais evangelísticos, jornal do dia e uma Bíblia.

materiais evangelísticos, jornal do dia e uma Bíblia.

Justamente por causa do crescimento de membros é que se faz necessária a ampliação dos prédios que dão suporte administrativo às igrejas e associações. Hoje a sede administrativa funciona num prédio com mais de 40 anos em Niterói, RJ. Pequeno, sem espaço físico para ampliação, fica deficiente a contratação de mais servidores, espaço para reuniões e treinamentos, além de local para arquivos e depósito para os materiais. “É muito caro comprar um novo terreno para construir nesta região, sem falar que o trânsito é um dificultador do trabalho e atendimento aos campos. A solução foi usar um terreno que já tínhamos na Serra para construir a nova sede”, arrazoa o diretor financeiro da União, pastor Volnei Porto. “Nesta localidade, em Itaipava, ficamos mas perto das associações de Minas, num melhor acesso para o Espírito Santo, além de ter apenas 70 km de distância do Rio de Janeiro. Teremos mais condições de um atendimento adequado nas novas instalações”, emenda o pastor Maurício Lima, presidente da União.

As obras de preparação do terreno já começaram e  a nova sede da Useb está prevista para inaugurar em dois anos. Na cerimônia de terça foi lançada a pedra fundamental, com participação de autoridades locais e num gesto simbólico que mostra no que se fundamenta qualquer construção adventista. “Talvez alguns achem diferente, mas colocar materiais de nossa crença, como livros do Espírito de Profecia e a Bíblia enterrados no alicerce nos lembra que nossa missão aqui é seguir sob a guia de Deus”, explica o pastor Lima. [Equipe ASN, Fabiana Bertotti]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox