Notícias Adventistas

Hospital Adventista de Belém investe em estrutura e alta tecnologia

 O novo Parque de Diagnósticos abriga 13 setores que trabalham integrados e são divididos em três núcleos.

O novo Parque de Diagnósticos abriga 13 setores que trabalham integrados e são divididos em três núcleos.

Belém, PA…[ASN] “O Hospital Adventista de Belém é a minha segunda casa”, comentou a paciente Marilda Mota na reinauguração do Parque de Diagnósticos, da nova recepção e do novo equipamento de Hemodinâmica que deu inicio as comemorações dos sessenta anos do hospital. O novo Parque de Diagnósticos abriga 13 setores que trabalham integrados e são divididos em três núcleos: dos métodos radiológicos e diagnósticos por imagem, métodos por vídeo e métodos gráficos.

No inicio do evento, Vander Alves, diretor administrativo do Hospital Adventista de Belém (HAB), apresentou a atual estrutura e relacionou os projetos futuros. “Hoje temos um complexo hospitalar que fica mais completo com o novo parque de diagnósticos, mas ainda temos muitos projetos para este ano”, destacou Vander.
A solenidade teve a participação especial do quarteto Arautos do Rei e reuniu pacientes, servidores, médicos e diretores do Hospital Adventista de Belém, autoridades eclesiásticas da sede da Igreja Adventista na região Baixo Amazonas, região norte, além de 16 líderes da região sul-americana. Na ocasião, Erton Khöler, pastor geral da Igreja Adventista em oito países da América do Sul, falou sobre o versículo bíblico de I Coríntios 3:6-7. Ele também destacou o crescimento do hospital, o trabalho e a missão dos pioneiros. “Se estamos aqui é porque Deus nos fez grande, portanto, não devemos esquecer a nossa origem. Nosso objetivo sempre foi salvar, no aspecto mais amplo dessa palavra”, comentou.
A missão do HAB também foi mencionada na fala de Leonino Santiago, pastor geral na União Norte Brasileira. “Aqui se realiza a obra médico-missionária: os servidores atendem, os enfermeiros cuidam, os técnicos apóiam, o médico opera, mas só Deus cura, liberta e transforma”, falou durante o culto de gratidão que aconteceu no Auditório do HAB. Em seguida, os presentes conheceram as novas instalações do complexo de diagnósticos e o Centro de Hemodinâmica com o novo equipamento importado dos Estados Unidos que substituiu o equipamento antigo, com mais de 10 anos.
Durante a apresentação do equipamento, médicos especialistas falaram sobre seus benefícios para a prática da medicina e para um diagnóstico mais preciso. Segundo doutor Marcello Niek, diretor do Parque de Diagnósticos, “o aparelho de hemodinâmica estuda o fluxo sanguíneo e possibilita os mais avançados tipos de tratamentos, cirurgias, dentre outros procedimentos na cardiologia, neurologia e angiologia”, explicou. “Esse aparelho permite ver melhor e com imagens fantásticas, inclusive em 3D, garantindo uma dimensão completa da profundidade das lesões”, completou o médico Markus Barcelos, diretor técnico do hospital. Para a paciente Marilda Mota, os investimentos constantes do hospital em estrutura e tecnologia garantem mais segurança e conforto para o atendimento. “Tive a oportunidade de fazer meu tratamento fora, mais preferi ficar aqui, pois confio e conheço a qualidade do hospital adventista em Belém”, declarou. [Equipe ASN, Alínic Teles]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox