Notícias Adventistas

Concílio no Centro-Oeste destaca missão e relacionamento

O evento que focou as novas gerações, contou com a presença de jovens representantes de todos os estados da região, para participarem das decisões que foram tomadas

Líderes da igreja e das instituições adventistas dos cinco estados do Centro-Oeste do Brasil estiveram presentes no evento

Brasília, DF…[ASN] Finaliza hoje, 14, o segundo Concílio Anual de 2017 que teve início neste domingo, 12. Foram convocados os administradores dos campos e instituições de todo o Centro-Oeste brasileiro, presidentes, secretários e tesoureiros, além de uma parcela de pastores distritais e membros leigos que representaram os demais, participando das votações.

O evento tem o objetivo de lançar novos desafios para 2018, além de apresentar aos administradores as decisões que foram tomadas no Concílio que reuniu administradores da Igreja Adventista para oito países da América do Sul, há algumas semanas, e definir novas estratégias para serem aplicadas nos campos.

“Precisamos falar de forma que as pessoas entendam”, afirmou o pastor Elbert Kuhn, coordenador do Serviço Voluntário Adventista

Entre os desafios, o de alcançar as novas gerações foi um dos temas principais discutidos no evento. “Nós queremos colocar no corações dos líderes um pouco do que sonhamos realizar para os jovens e com eles nos próximos anos”, afirma Joni Oliveira, líder Jovem para todo o Centro-Oeste.

O pastor Elbert Kuhn, coordenador do Serviço Voluntário de toda a America do Sul, foi um dos convidados para tratar do tema. “Muitas vezes nos preocupamos tanto com as formalidades ou em agradar e impressionar os outros que acabamos enchendo nossos discursos de generalidades que não alcançam ninguém. Precisamos falar de forma que as pessoas entendam. Utilizar uma linguagem simples, mas cheia de conteúdo”, avalia.

Intervalos dedicados para oração foram pontos altos durante o evento, levando todos os participantes para mais perto de Deus

O administrador Israel da Silva Lima, um dos membros jovens, representantes do estado do Mato Grosso, concorda com essa afirmação. Para ele, “o respeito precisa existir, mas o formalismo não. O excesso de formalismo atrapalha o relacionamento”, complementa.

Assim como ele, mais cinco jovens, representantes dos cinco estados que compõem o Centro-Oeste do Brasil, foram convidados para o concílio, com o objetivo de participarem das votações e dos objetivos propostos para o próximo ano. “O fato de termos ganhado espaço para estarmos aqui, votando e participando com as nossas observações, já é uma mudança incrível”, comenta a estudante Luana Souza Ferreira, que veio também do estado do Mato Grosso.

Novos projetos lançados

A ideia é que cada livro deixado gere um novo relacionamento de amizade

O evento também foi utilizado para o lançamento de programas propostos pela Igreja Adventista na America do Sul. Entre eles, o livro O Poder da Esperança, material que será utilizado em 2018, para a ação missionária Impacto Esperança que acontecerá em maio. “O tema do livro já é um diferencial. Ele fala sobre a saúde emocional e vai auxiliar muitas pessoas. Além disso, no final de cada capítulo o livro oferece um QR Code que leva a pessoa para sites que possuem mais materiais sobre os transtornos e doenças citados nas páginas impressas”, explica Richard Figueiredo, diretor de Publicações para todo o Centro-Oeste.

Outro diferencial neste ano é o livro missionário infantil. São 52 páginas de histórias em quadrinhos interpretadas pela Turma do Nosso Amiguinho, com o mesmo título e tema: O Poder da Esperança. “O livro também fala sobre saúde emocional, só que em uma linguagem infantil. Queremos mostrar às crianças que elas podem ser missionárias desde cedo”, continua Figueiredo.

Ao todo, 1.600.000 livros serão distribuídos neste território. Contudo, a proposta é que os pequenos livretos não sejam apenas entregues a desconhecidos. Conforme a visão bíblica do discipulado, a ideia é que cada livro deixado gere um novo relacionamento de amizade.

Mais de 1.600.000 livros serão distribuídos na região Centro-Oeste do Brasil

Também foram lançadas as novas roupagens para 2018 de projetos como 10 Dias de Oração e 10 Horas de Jejum, Semana Santa, Provai e Vede e outros. O momento foi utilizado ainda para a apresentação dos últimos documentos votados pela igreja mundial, como os documentos “Os Adventistas e a Política” e “Pena de Morte”.

Saiba mais em:

Igreja aprova documento sobre a relação de adventistas com a política

Igreja vota documento sobre pena de morte

O evento finalizou com diversos desafios para serem colocados na prática. Segundo o presidente da igreja para o Centro-Oeste do Brasil, pastor Aljofran Brandão, o objetivo deste encontro foi manter a liderança focada, inspirada e motivada. “É hora de tornarmos, não os nossos sonhos, mas os sonhos dEle, realidade”, afirmou em forma de apelo a todo o grupo que se reuniu em um abraço no fechamento do programa.  “A igreja não vai mudar, se eu não mudar. Para que eu veja a mudança que eu desejo na minha igreja, nos jovens, na minha casa, ela precisa acontecer em mim”, complementou. Os líderes seguiram para seus campos com a função de replicarem tudo o que foi visto aqui em suas regiões. [Equipe ASN, Jenny Vieira/ Fotos: Nina Viégas e George Rocha]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox