Notícias Adventistas

Aprovado registro de documento mundial sobre pacientes terminais

Orientações adventistas sobre tratamento de pacientes em estado terminal são bem claras e foram referendadas por delegados responsáveis pela administração da igreja na América do Sul

Reuniões da Comissão Diretiva continuam nessa segunda-feira

Reuniões da Comissão Diretiva continuam nessa segunda-feira

Brasília, DF … [ASN] Aprovado nesta tarde de domingo, 19, registro sobre documento mundial da Igreja Adventista a respeito do atendimento a pacientes em estado terminal. Os delegados da Comissão Diretiva Plenária da Igreja Adventista do Sétimo Dia em oito países sul-americanos referendaram o voto mundial.

O documento mostra o posicionamento adventista a respeito da eutanásia. Um dos trechos diz que “os adventistas do sétimo dia afirmam a criação de Deus da vida humana, um dom maravilhoso digno de ser protegido e sustentado”. Também é dito que “embora o amor cristão possa levar à suspensão ou retirada de intervenções médicas que apenas aumentam o sofrimento ou prolongam a morte, os adventistas do sétimo dia não praticam assassinato por misericórdia nem ajudam em suicídio. Eles são opostos à eutanásia ativa, tomada intencional da vida de uma pessoa que está sofrendo ou morrendo”.

No material aprovado pelos participantes da Comissão Diretiva da Divisão Sul-Americana, ainda há orientações sobre como profissionais de saúde e mesmo pastores adventistas devem lidar com a questão da comunicação junto aos familiares de pacientes terminais. Em um dos pontos, está assegurado que “o princípio bíblico de justiça prescreve que seja dada assistência adicional às necessidades daqueles que são indefesos e dependentes. Por causa de sua condição vulnerável, deve ser tomado um cuidado especial para assegurar que essas pessoas sejam tratadas com respeito pela sua dignidade e sem discriminação injusta”. [Equipe ASN, Felipe Lemos]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox