Notícias Adventistas

Professores da Escola Sabatina são instruídos a ensinar de forma diferenciada

Currículo Elo da Graça é trabalhado para que professores transmitam o conteúdo de forma eficaz

Crianças participam ativamente das histórias

Brasília, DF… [ASN]Os professores de Escola Sabatina do Ministério da Criança do DF e entorno têm participado de treinamentos que os capacitam a aplicarem de forma mais eficaz o conteúdo do guia de estudos usado a cada sábado, chamado de Lição da Escola Sabatina.

A Lição infantil segue um currículo chamado Elo da Graça que é repetido a cada período pré-determinado de tempo para que a criança aprenda sobre assuntos que são considerados a base da vida cristã. Por esse motivo, as capacitações são oferecidas. “É interessante que os professores entendam como e porquê usamos esta metodologia e quais os efeitos que um trabalho eficiente pode causar na vida das crianças”, explica Erleni Nemes, palestrante do treinamento. Erleni possui especialização em Educação Infantil e trabalhou muitos anos à frente do Ministério da Criança da Igreja Adventista do Sétimo Dia em diversas regiões.

Materiais são usados para captar a atenção dos pequenos

Erleni explica que o foco é apresentar as ideias de formas diferentes para atender a necessidade de cada criança e envolvê-las. “As crianças são inseridas como participantes ativos em todas as atividades da Escola Sabatina. Isto é feito através de dinâmicas nas atividades preparatórias, participação ativa no louvor, oração e missões. A história Bíblica é vivenciada por eles com a direção do professor e com o uso de materiais práticos e acessíveis. A Bíblia é aberta a cada sábado e manuseada mesmo pelas crianças que não sabem ler. Os versos bíblicos são repetidos com o uso de quebra-cabeças, mímicas, linguagem de sinais e outras maneiras criativas que facilitam o aprendizado. Ao fazer a aplicação prática, o professor tem a oportunidade de trazer a história bíblica para os dias de hoje onde as crianças descobrem conceitos importantes para a tomada de decisões”, conta.

Maria Portela é líder do Ministério da Criança na Igreja Central de Santa Maria e, participando desses treinamentos, entendeu que cada criança absorve o conteúdo de forma distinta. “O que me chamou a atenção é que devemos seguir todo o programa que está no Auxiliar dos Professores, pois, se não seguirmos, deixaremos de ensinar alguma criança. Aprendi que existem quatro tipos de aprendizado, e que também existem quatro tipos de crianças, e cada uma aprende de uma forma”, conta.

Maria acredita que as capacitações são importantes, pois os professores das classes infantis, às vezes, mudam com frequência. “O treinamento é muito bom e nos mostra várias maneiras de apresentar Cristo às crianças”, diz. [Equipe ASN, Pâmela Meireles]

 

 

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox