Notícias Adventistas

Aventuri reúne mais de 1.300 crianças na região central do Rio Grande do Sul

Ponto alto da programação foi a grande integração entre os 48 clubes participantes.

Desfile cívico com mais de 900 crianças impactou a cidade de 34 mil habitantes.

Porto Alegre, RS… [ASN] O feriadão de 07 a 10 de setembro foi de muita aventura para cerca de 1.300 crianças gaúchas que participaram do V Aventuri da ACSR (Associação Central Sul Rio-Grandense), realizado em Igrejinha. O tema central foi “Uma Arca de Aventuras”, e apresentou aos pequenos aprendizados importantes que podem ser extraídos da história de Noé, como confiança em Deus, obediência e submissão aos planos divinos.

Durante o programa, a criançada se envolveu em atividades recreativas, ouviu histórias bíblicas com Glória Barreto, assistiu teatros de bonecos com o Gil e Cris, participaram de concursos “Bom de Bíblia”, entre outras atividades. Tudo foi feito de forma lúdica para captar a atenção das crianças.

Segundo o pastor Odair de Almeida, líder dos Aventureiros no centro do RS, o objetivo foi motivar as crianças. “As crianças gostam de brincar, participar de atividades lúdicas, e quando a gente faz o Aventuri, estamos interessados em fazer com que elas percebam que não estão sozinhas com seus clubes, existem muitas outras crianças também participando, isso mostra a grandiosidade e a força desse exército e as incentiva a permanecerem. Além é claro, de promover uma avaliação geral daquilo que o grupo faz no dia a dia”, relata.

Evento foi considerado o maior do gênero no estado, segundo coordenação local.

Um dos pontos altos do programa foi a interatividade entre as crianças. Vitor e Bianca, por exemplo, já enfrentaram muitas dificuldades devido a deficiência auditiva. Mas no Aventuri eles acompanharam tudo através da linguagem de libras e ainda participaram do Concurso bom de bíblia.

Meu impressionei com o meu filho”, conta a mãe das crianças e simpatizante da igreja adventista. “Ás vezes não acreditamos nas possibilidades. E ele se superou, respondendo às perguntas. É novo no clube e já sabe tanto”, contou.

Esta edição também teve um grande número de pais que foram acompanhar com as crianças. E para dar uma atenção especial a este grupo, a psicóloga e especialista em relacionamento familiar, Rosimeire Alves Dourado, falou sobre a importância de atividades interativas entre pais e filhos e da participação dos pais no desenvolvimento dos pequenos.

Evento também foi oportunidade para atividades solidárias. Cada clube levou uma cesta básica para doação, que foram entregues para a secretaria de Ação Social da Prefeitura e em breve será distribuída para a comunidade carente da cidade.

No sábado os aventureiros também participaram de um desfile cívico. A participação de mais de 900 crianças causou um grande impacto na população local. [Equipe ANS, Andréia Silva]

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox