Notícias Adventistas

Qualidade de vida é tema de VI Encontro da Terceira Idade

Programa apresentou iniciativas praticadas pelo ministério e deu ênfase aos benefícios do envelhecimento saudável

Cerca de 60 idosos participam de aula de ginástica adaptada no Espaço Comunidade Esperança (Crédito: Wellington Andrade)

São Paulo, SP [ASN] …. Proporcionar qualidade de vida, inclusão social e motivar quem tem mais de 60 anos, estas são as propostas do Ministério do Idoso da Associação Paulista Sul, que no dia 10 de junho reuniu mais de 500 pessoas, na igreja do Unasp São Paulo, para o VI Encontro da Terceira Idade. Com participação de especialistas em gerontologia, o programa contou com palestras, sorteios e musical realizado pelo coral Dominus.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o índice de envelhecimento da população de São Paulo, que era de 21,88 % nos anos 2000, será de 96,23 % em 2030. Com o propósito de cuidar da autoimagem, da saúde física e mental, dos aspectos sociais e principalmente da espiritualidade desses idosos, o ministério vai de encontro às necessidades da população brasileira.

Para abordar estes assuntos, além de desmistificar o processo de envelhecimento, Frank Evilácio de Oliveira, professor e especialista em gerontologia, palestrou sobre os benefícios e malefícios da terceira idade. “Quando ele [idoso] se vê, não com aquilo que é inútil, mas que ele pode se tornar útil para a sociedade, ele começa a aceitar e ver que há uma possibilidade de vida saudável e feliz após a terceira idade”, afirma o palestrante.

“Este é um grupo representativo e que está crescendo. Hoje estamos com cerca de 20% dos membros de nossas igrejas nesta faixa etária e precisamos dar atenção para estes que são os modelos que as novas gerações precisam”, explica o pastor Elieder Franscisco da Silva, líder de departamento da Ação Solidária Adventista para o sul de São Paulo.

Questões sobre o Junho Violeta, mês de combate à violência contra o idoso, também foram enfatizadas ao longo da programação, na qual todos os participantes receberam uma pulseira roxa e orientações sobre prevenção ou denúncia de tais abusos.

Leia Mais:

Atividades socioeducativas

Uma das iniciativas apresentadas ao longo do programa, o Espaço Comunidade Esperança (ECOE), atende mais de 60 idosos em atividades como ginástica adaptada e curso de computação, duas vezes por semana, além aulas de artesanato, palestras e passeios.

“É uma forma de nós prevenirmos que esses idosos comecem a adoecer ou ficar depressivos. Aqui eles fazem amizade e estão sempre juntos. É como se fosse um ambiente social para eles”, comenta Juliana Souza Assis, psicóloga e responsável pelo projeto.

Com atividades desde 2010, o ministério possui cerca de 80 líderes apenas na zona sul de São Paulo e no Vale do Ribeira. Para 2018, o objetivo é dispor de um líder em cada igreja adventista do campo. [Equipe ASN, Stephanie Passos]

 

 

 

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox