Notícias Adventistas

Orações e visitas missionárias contribuem para o retorno de ex-adventista

Apesar de Jorge negar durante anos o convite de regressar à igreja, o esforço dos familiares e amigos não estava sendo em vão.

Após afastar-se da igreja por cerca de 16 anos, Jorge retornou para ser batizado na mesma congregação em que conheceu a verdade.

Canoas, RS… [ASN] Jorge Sebastião Ataides de Lima (61), aceitou a fé adventista em 2001, na igreja do bairro Guajuviras, em Canoas. Porém, dentro de um curto período de tempo, afastou-se da igreja, e permaneceu distante por cerca de 15 anos. “Após separar-se de minha mãe, meu pai saiu da igreja e voltou a beber, fumar, e trabalhar aos sábados, foi uma fase bem difícil”, relata a filha, Tainá Krause Lima Siqueira (27).

Durante todo este tempo, familiares e amigos da igreja o visitavam, oravam por ele, e ofereciam estudos bíblicos, porém, nenhum retorno positivo aparente era visto. “Tínhamos quase desistido, mas Deus não”, acrescenta Tainá.

Com muita emoção, Jorge foi rebatizado no programa do Reencontro, na igreja de Guajuviras, em Canoas, RS.

Em 12 de junho de 2016, Jorge foi surpreendido por fortes pontadas no peito. Levado às pressas para o hospital, foi diagnosticado como vítima de infarto de miocárdio. Mas dentro de 15 dias ele recebeu alta. Sua sobrevivência foi considerada um milagre.

Por conta disso, Jorge mudou-se de forma temporária para a casa de sua filha, onde recebeu maiores cuidados.E foi ali, onde as visitas e orações dos irmãos e amigos da igreja se intensificaram. Dentre elas, surgiu a visita de Rogério, um dos integrantes da dupla missionária que havia lhe dado estudos bíblicos há cerca de 16 anos. Rogério lhe ofereceu estudos novamente e ele aceitou.

Ao estudar a Bíblia com Rogério, naquele mesmo ano, Jorge aceitou o rebatismo e abandonou os vícios. A cerimônia batismal ocorreu durante um programa do Reencontro, promovido pelo Ministério da Secretaria, que busca desenvolver ações missionárias em prol de ex-adventistas.

Ao lado do pai nessa nova fase de vida, Tainá respira aliviada por poder ter sido usada também, para trazer seu pai de volta aos caminhos de Deus.

A data foi 10 de setembro de 2016. Jorge foi rebatizado no mesmo tanque em que havia entregue sua vida a Deus 16 anos atrás. “Ele disse que sempre sentiu falta do tempo que era da igreja, e que agora ele estava vendo que era ser feliz de verdade. É uma alegria que não tem explicação dele ter voltado, ficamos felizes porque pudemos ajudá-lo a sair daquela antiga vida, ele é o fruto de nossas intercessões. Valeu a pena!”, conclui Tainá. [Equipe ASN, Andréia Silva]

 

 

 

Hoje, Jorge está novamente internado no hospital de Canoas para cuidados médicos, por isso sua filha Tainá Siqueira concede entrevista à reportagem. Porém, mesmo enfrentando dificuldades com a saúde, Jorge esbanja serenidade e alegria. Ele afirma ter recebido uma segunda chance de Deus.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox