Notícias Adventistas

Família recebe casa reconstruída por adventistas e parceiros

Iniciativa faz parte de desdobramentos do projeto Mutirão de Natal, realizado no município gaúcho de Soledade em 2016

Entrega teve a presença de fiéis da igreja, empresários, autoridades e outros parceiros do projeto. (Foto: Lucas Bicudo/ClicSoledade)

Soledade, RS… [ASN] Para ajudar um casal que vivia em condições precárias no bairro Expedicionário, localizado no município gaúcho de Soledade, fiéis da Igreja Adventista do Sétimo Dia iniciaram uma campanha para construir uma nova moradia no mesmo local. A entrega da nova casa foi feita no dia 5 de agosto com a presença de fiéis, empresários, autoridades e parceiros que colaboraram com a iniciativa.

Leia também:

A atitude é um desdobramento do projeto Mutirão de Natal, realizado no ano de 2016 na cidade, quando o gesto foi idealizado junto à campanha de arrecadação de alimentos por meio da Ação Solidária Adventista. “Aproveitamos a pessoa que já estava fazendo os cadastros do Mutirão para que levantasse uma das famílias [necessitadas] do bairro. Nós viemos, analisamos, abraçamos a família e levamos o projeto à comunidade”, explica Jonas Morais, idealizador do projeto.

Ricardo Muller, diretor da Ação Solidária Adventista de Soledade, explica que o processo não ficou restrito ao público da igreja e parceiros do projeto. “Como nós já temos vários doadores que participam do nosso Mutirão há anos, que são empresários, a gente buscou recursos entre eles, mas também achamos que deveria haver um envolvimento da comunidade para conscientizar as pessoas sobre ajudar o próximo. Lançamos o projeto através da mídia e tivemos pessoas de municípios vizinhos que também se envolveram e doaram”, detalha.

À esquerda, a antiga casa onde viviam Luisa e Gian; à direita, a moradia construída por meio da ação da Igreja Adventista em Soledade. (Foto da esquerda: Lucas Bicudo/ClicSoledade)

Novo lar

Antes de conhecer o casal que precisava de auxílio, a ideia do projeto consistia apenas em reformar uma casa, mas depois de visualizarem as condições em que eles moravam, os organizadores entenderam que seria necessária a demolição e, em seguida, uma nova construção. “Quando a gente veio em um sábado à tarde aqui, chovia dentro da casa, havia partes de chão batido, não tinha quarto para crianças. Então, nós construímos tudo, desde o alicerce até o telhado e também conseguimos a mobília. Conseguimos cama nova, cozinha”, pontua Morais.

Todo o trabalho foi realizado em 29 dias e teve o envolvimento de aproximadamente 40 pessoas. O portal Clic Soledade destacou o gesto de solidariedade dos adventistas e parceiros em seu site.

Móveis e eletrodomésticos também garantidos por meio de doações ao casal.

Naturais do município, Luisa Prates e Gian Junior Frielink moram juntos há três anos, desde que se casaram. A antiga casa havia sido cedida pelo tio de Luisa, que se mudou para São Tomé. O casal estava tentando guardar dinheiro para melhorar a condição, mas problemas de saúde fizeram com que as reservas precisassem ser utilizadas. “Tivemos que gastar com remédios para o bebê, que foi operado [de hérnia de disco] e eu também fui operada [de apendicite]. Então sempre tivemos esses gastos”, explica a jovem.

Entre os dois, apenas Frielink, de 21 anos, está empregado. Ele é garçom em um restaurante na cidade. “Não achava que [a casa] ia ficar tão boa assim. Muita felicidade. Foi por Deus e por essas pessoas que fizeram essa ação”, declara.

O programa Mutirão de Natal é realizado em Soledade há 12 anos e só em 2016 arrecadou 21 toneladas de alimentos que foram direcionadas a 500 famílias. O projeto já está previsto para acontecer novamente no fim de 2017. [Equipe ASN, Willian Vieira]

Gian Frielink e Luiza Prates tem um filho, Lucas Emanuel, de 1 ano e três meses.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox