Notícias Adventistas

Com fé e otimismo, empresário venceu câncer de próstata

Dia Nacional de Combate ao Câncer é celebrado neste dia 27 para alertar a população sobre a importância de exames regulares.

26 de novembro de 2015
Tenha fé e assuma o tratamento, pois Deus pode mudar o destino de qualquer pessoa

Casado há 43 anos e pai de três filhos, a família ficou abalada com o diagnóstico

Imperatriz, MA… [ASN] “Esta enfermidade não será para a morte, será para a honra e glória de Deus”, dizia a carta nas mãos trêmulas do empresário Loami Pena Castilho, a qual fora enviada de Manaus para o Maranhão pelo urologista Gedegilson Galvão, seu amigo e afilhado de casamento. A frase se refere a um diagnóstico de câncer na próstata que ele recebeu recentemente, mas que não o abalou.

Era um fim de tarde do ano de 2013 quando Castilho, paranaense de 61 anos, resolveu acompanhar sua esposa até o ginecologista e ficou observando aquela sala monótona e sem muitos atrativos, cujo silêncio era por vezes interrompido pelo som de “próximo!” Ele foi atraído por um anúncio que dizia: “Ultrassom de próstata: R$70,00”. Curioso, dirigiu-se até o balcão e perguntou a uma das atendentes como se dava aquele procedimento, e, pela simplicidade, resolveu agendar o tal exame para o dia seguinte.

Como combinado, lá estava ele novamente na clínica para, desta vez, ser examinado. No laudo podia ser lido “retenção de líquido de 100ml”. Como não entendeu do que se tratava, procurou um urologista e tomou todos os medicamentos que lhe foram receitados. Seu quadro, no entanto, não era simples. Quando foi pedida a biopsia, ele não hesitou e correu contra o tempo para conseguir fazer os outros exames no mesmo dia. Queria logo saber o resultado de todos eles.

Diagnóstico

Após seis dias, Castilho recebeu um telefonema e do outro lado da linha uma voz meio acanhada lhe disse: “Loami, corra, você está com câncer”. Naquele momento, a notícia causou-lhe um grande impacto, no entanto, ele mantinha um relacionamento muito bom com Deus e isso lhe trazia bastante confiança. Mas a esposa, filhos e netos não receberam o resultado da mesma maneira. Ela veio como uma bomba para a família. De igual maneira, essa informação às vezes chega tarde a muitas pessoas. Por isso, neste 27 de novembro o calendário é dedicado ao Dia Nacional de Combate ao Câncer.

Loami no seu cantinho de oração e estudo da Bíblia. Diariamente está lá às 05h30minh, buscando a Deus nas primeiras horas do dia

Castilho estuda a Bíblia e ora diariamente às 5h30, no seu cantinho de oração. Na igreja, sempre fica à porta para recepcionar as pessoas

O empresário mora numa espécie de sítio na cidade de Imperatriz, no Maranhão, e há muito tempo convidava a filha para construir sua casa ao lado. Após a descoberta do câncer ela atendeu o pedido do pai, mesmo com poucos recursos, pois temia perdê-lo. A esposa e os filhos ficaram bastante preocupados, mas decididos a não chorar e lamentar na presença dele para não o abalar psicologicamente, temerosos de que ele entrasse em depressão, dificultando assim o processo da cura.

No entanto, Castilho sempre se manteve confiante e logo tomou as providências cabíveis. Saiu em busca dos amigos médicos da igreja Adventista Central de Imperatriz, a qual frequenta. Todos se mobilizaram, o orientaram, fizeram os exames e providenciaram o que ele estava precisando. Nesse período também foram realizadas duas vigílias em sua casa. O grupo de oração que se reúne aos domingos, do qual ele faz parte, orou para que tudo transcorresse bem.

Mesmo assim, ele teve seus momentos de tristeza, desconfiança e medo, e foi visto chorando por duas vezes.

Tratamento

Depois de tudo diagnosticado e com os exames em mãos, o empresário enfrentaria a dificuldade da marcação da data da cirurgia, já que não possuía recursos para ser atendido em uma rede particular. Ele seria operado quando surgisse uma vaga. Teria que esperar três meses, informou-lhe o médico. Mas, como ele destaca, mais uma vez Deus entrou em ação e providenciou tudo. Enquanto ainda estava na sala do médico, a secretária entrou e disse que a cirurgia de uma senhora que estava marcada para os próximos dois dias tinha sido desmarcada, pois a paciente havia gripado. Sendo assim, teria uma vaga livre e esta poderia ser dele.

Porém, mais um desafio estava diante dele, que precisaria de seis doadores de sangue para a realização da cirurgia. “Mas ele não consegue o sangue pra depois de amanhã. Isso é muito difícil!”, exclamou a secretária. Com fé, Castilho disse que conseguiria sim e confiou mais uma vez em Deus.

Dois dias depois lá estava ele com tudo pronto para se submeter à cirurgia. “Tenho certeza que foi Deus quem dirigiu tudo isso, porque eu não ia fazer exame de próstata, descobri por acaso, e se tivesse demorado mais um pouco o câncer poderia ter passado para os ossos”, explica.

“Tenho certeza que foi Deus quem dirigiu tudo isso, porque eu não ia fazer exame de próstata, descobri por acaso, se tivesse demorado mais um pouco, o câncer poderia ter passado para os ossos”.

A fé foi fundamental para que o empresário superasse a doença

O empresário tem um cantinho de oração e estudo da Bíblia e diariamente está lá às 5h30 para buscar a Deus nas primeiras horas do dia. Atualmente, seu quadro de saúde é estável e seu médico fica impressionado quando ele volta à clínica, pois não sofre de urina solta, nem tampouco carrega sequelas normais a pacientes que já se submeteram a essa cirurgia.

Ele deixa um conselho a todos os homens: “Façam o exame! Eu me descuidei, mas Deus me conduziu, porém, nem sempre as coisas acontecem assim. Ninguém precisa ter medo. Primeiro se faz o exame de sangue. Não dói. É melhor prevenir do que passar por apuros depois. Tenha fé e assuma o tratamento, pois Deus pode mudar o destino de qualquer pessoa”, assegura. [Equipe ASN, Simone Joe]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox