Notícias Adventistas

Vigília adolescente tem ação voltada para doações de cabelo

Doações foram direcionadas para ONG Rapunzel Solidária, que produz e entrega perucas para pessoas que perderam os cabelos após tratamentos médicos

Amanda Pinho Souza foi a primeira participante a doar parte dos cabelos para ONG

São Paulo/ SP … [ASN] Em sua 5ª edição, o Adolenight reuniu cerca de 800 pessoas na madrugada do último domingo, 26 de março, na igreja adventista do Capão Redondo, extremo sul de São Paulo. Realizada das 22h do sábado às 6h do domingo, a vigília adolescente contou com encenações, testemunhos e foi marcada por doações de cabelo direcionadas para a ONG Rapunzel Solidária.

Impactadas pelo testemunho de pessoas que realizam tratamentos médicos em combate ao câncer e que receberam perucas produzidas pela ONG, quatro meninas aceitaram o desafio de doar parte dos cabelos durante a programação. “Ver outra pessoa feliz e fazer com que ela se sinta bonita é minha recompensa. Eu gosto de me sentir bonita e quero ver outras pessoas esbanjando essa felicidade também”, comenta Amanda Pinho Souza, estudante de ciências contábeis.

A atitude de Amanda influenciou a decisão de outras garotas como Jéssica Silva Correia, que cortou os cabelos para motivar e dar forças à própria mãe, que nesta semana realiza uma cirurgia para a retirada de nódulos cancerígenos. “Eu vejo como essa atitude é importante pela minha mãe, que está preocupada com relação ao cabelo. Querendo ou não, para as mulheres a figura do cabelo é muito importante e se ver sem ele é bem complicado. Existem pessoas que precisam mais que a gente, e cabelo cresce”, incentiva.

A edição anterior do Adolenight, realizada em outubro de 2016, deu ênfase para as ações do Hospital Pérola Byington, com doações de lenços para mulheres que realizam quimioterapia.

“É muito importante dar voz para esses projetos e não tem preço ver atitudes como essas, a iniciativa dessas garotas. Você vê o amor que eles (as) têm pelo próximo. É muito emocionante e o resultado a gente vê no sorriso, na alegria e na mudança de muitos ao sair daqui”, comemora Elenimara Martins, diretora do ministério dos adolescentes da igreja.

Leia mais 

Vigília Adolescente

A proposta do Adolenight, realizado desde 2014 pela igreja adventista do Capão Redondo, é envolver os adolescentes na missão e proporcionar um encontro verdadeiro deles, muitos não adventistas, com Deus. “Há sempre uma preocupação em envolver os adolescentes em algo produtivo e saudável, que desenvolva bons valores e que construa boas amizades, além de promover os valores celestiais”, afirma Alan Rodrigo de Melo, pastor do distrito de Capão Redondo.

Com estrutura, organização e participação de meninos e meninas com idade entre 13 e 22 anos – supervisionados e com o auxílio de pastores, anciãos, capelães do colégio e líderes de ministérios – a vigília adolescente, que faz parte do calendário da igreja e do colégio adventista Ellen G. White, já recebeu mais de 3 mil pessoas em três anos.

“Eu costumo classificar que, para quem vê, o Adolenight é algo intrigante e interessante. Para quem participa é uma oportunidade, mas para quem organiza é joelho no chão e a possibilidade de levar salvação para esses meninos e meninas, pois o objetivo do programa é preparar esses adolescentes para a eternidade”, ressalta Darlison Luiz Barbosa, capelão do colégio adventista Ellen G. White.

Com inscrições esgotadas em menos de 24 horas, a vigília adolescente tem recebido notoriedade nas redes sociais e terá a 6ª edição no segundo semestre de 2017. Confira a transmissão ao vivo e mais informações sobre o programa na página oficial do Adolenight no Facebook. [Equipe ASN, Stephanie Tavares]

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox