Notícias Adventistas

Seminário debate sobre santuário e a missão dos adventistas

Em Goiás, Pastor Leonardo Nunes, PHD em teologia, fala sobre santuário e a missão da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

O palestrante do encontro foi o pastor Leonardo Nunes , PHD em teologia e diretor do SALT da Bahia.

Aparecida de Goiânia, GO… [ASN] Adriano Maia é adventista há dois anos e está desempregado devido a sua opção religiosa de guardar o sábado. Ganhava muito como gerente de um estacionamento e também era pastor de uma igreja cristã.

Depois de conhecer mais sobre os mandamentos de Deus, ele decidiu deixar tudo para começar uma nova vida. “Eu tenho paz e a convicção de que estou no caminho certo. A gente sempre pensa assim, ah, eu estou desempregado, nada dá certo para mim, eu estou vivendo uma terrível maldição, e muitas vezes o momento difícil pelo qual você está passando não é uma maldição. Deus sabe o propósito de todas as coisas. Nossa benção maior é entrar no Santuário Celestial”, afirma Maia.

Essa foi uma das lições aprendidas no seminário “O santuário celestial e a missão da Igreja no tempo do fim” realizado no dia 2 de julho pela IASD Veiga Jardim da cidade de Aparecida de Goiânia, GO. Cerca de 300 pessoas participaram do encontro, incluindo adventistas das regiões de Cidade Livre e Bairro Goyá, Aparecida de Goiânia, GO.

De acordo com o pastor Leonardo Nunes, PHD em teologia e diretor do SALT da Faculdade Adventista da Bahia, orador do evento, o Santuário, crença de número 24 das 28 doutrinas Adventistas,  é um assunto peculiar da Igreja, pois faz parte da origem da mesma, da organização teológica e de todo o sistema doutrinário da Bíblia. Além de ser um tema que os adventistas devem pregar às pessoas, para que todos conheçam o que Deus está fazendo por eles hoje.

O teólogo afirma que as três mensagens angélicas, pregadas pelos adventistas, estão enraizadas na mensagem do santuário. “Nós entendemos que o juízo investigativo de Deus já começou no Santuário Celestial, mas que também o juízo executivo dEle está prestes a vir com a segunda vinda dEle, essa é a mensagem da Igreja para o tempo do fim da qual devemos anunciar”, explica Nunes.

Captura de Tela 2016-07-06 às 11.09.59

Cerca de 300 pessoas participaram do evento.

Segundo Leonardo, entender isso vai fazer uma grande diferença na vida do cristão. Faz com que a pessoa conheça melhor a Deus, conheça a sua identidade e conheça a razão pela qual deve proclamar a mensagem de salvação. “A mensagem de salvação não é apenas que Cristo morreu na cruz do Calvário por nós, o que é importantíssimo, mas também saber que Cristo Jesus continua intercedendo por mim, trabalhando por mim. É onde eu tenho resposta para o sofrimento, para a salvação em si. O assunto do santuário realmente dá sentido para a vida de qualquer pessoa”, ressalta o pastor.

Adriano aprendeu que a verdadeira benção é pertencer a Deus de todo o coração e a verdadeira maldição é andar no caminho do mal. “Hoje eu aprendi o verdadeiro significado da palavra benção e maldição. Porque, muitas vezes, nós achamos que a vida do ímpio é sempre melhor do que a nossa, mas existi os dois lados da moeda. Foi um momento único para mim e para minha família aprender mais sobre Deus e como Ele age por nós e através de nós”, enfatiza.

O professor Alcides Ribeiro, diretor proprietário da faculdade onde foi realizado o evento, também esteve presente e afirmou que eventos cristãos fazem a diferença para a instituição. “É de suma importância nós estarmos aqui dando ênfase na doutrina cristã e nós continuaremos de portas abertas para qualquer igreja que queira pregar a palavra de Deus”, destaca Ribeiro. [Equipe ASN, Jéssica Veloso] Fotos: Guilherme Pedrosa

 

 

 

 

 

Veja Também

WordPress Image Lightbox