Notícias Adventistas

Programação resgata história da Igreja Adventista

Membros relembraram pioneiros e realizaram culto especial

Membros usaram roupas que remontam aos personagens principais da fundação da Igreja Adventista do Sétimo Dia

Membros usaram roupas que remontam aos personagens principais da fundação da Igreja Adventista do Sétimo Dia

Juiz de Fora, MG … [ASN] O último sábado, 25, foi marcado pela história. A programação de 10h de Oração e Jejum – Espírito de Profecia, mobilizou as igrejas a resgatar os primórdios do adventismo. Desde as primeiras horas da manhã, os membros se dividiram em grupos para abordar diversos temas.

Desde caracterizações das figuras principais como Ellen e Tiago White, até encenações e sermões direcionaos ao assunto, foram parte do dia especial. Muitos escolheram participar do jejum e se envolver ativamente nos momentos de oração.

Mural relembra os pioneiros

Mural relembra os pioneiros

Alguns grupos contaram e cantaram a história de hinos clássicos, fizeram palestras sobre como identificar um profeta e relembraram o início da denominação. Para o pastor Gustavo Marques, idealizador do projeto, conhecer um pouco da nossa igreja solidifica a nossa identidade como adventistas. “E conhecendo a vida e ministério e o chamado de Ellen White temos ainda mais confiança nos seus escritos. A intenção de fazer um programa na igreja local foi na tentativa de alcançar o maior número de membros quanto possível. Diferente do que acontece em um congresso onde alcançamos apenas uma região da associação”, explica o líder para o departamento de Espírito de Profecia para toda a Zona da Mata e sul de Minas Gerais.

Para o pastor Stevan Scheffel, ministro na Igreja Adventista do Sétimo Dia Central de Juiz de Fora, o diferencial neste envolvimento foi a caracterização dos Anciãos e alguns membros que participaram na recepção e nas encenações. No mesmo dia, ainda foi celebrado o Dia do Ancião e os membros fizeram homenagens aos líderes locais.

Quem fez parte da programação, afirma que foi muito bom.  “Ser adventista é ter um privilégio nas mãos, e saber que somos a única igreja que possui uma profecia atual e consistente, que nos orienta a viver nos planos de Deus é maravilhoso”, diz Luiz Alberto Cortes, ancião.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox