Notícias Adventistas

Programa oferece recursos para evangelistas voluntários no Rio Grande do Sul

Iniciativa faz parte do projeto sul-americano Escola de Evangelistas Voluntários.

14163627_159513211155922_367645512_o

Turma de voluntários da escola de evangelistas de Gravataí.

Gravataí, Taquara, Viamão, Porto Alegre, Rio Grande, RS… [ASN] Voluntários gaúchos receberam orientações de pastores adventistas sobre a área de evangelismo. Eles estudaram sobre como preparar a igreja para o trabalho, conheceram maneiras de identificar interessados no estudo da Bíblia e ainda tiveram dicas sobre a postura de quem prega e sobre como preparar sermões relevantes.

A iniciativa faz parte do projeto sul-americano Escola de Evangelistas Voluntários e já aconteceu em outras partes do Estado, como por exemplo, em Porto Alegre, Taquara, Rio Grande e Viamão.

Fernando Oliveira, que participou da capacitação do primeiro e segundo nível em Taquara, gostou do que aprendeu. “Tá sendo muito rico em informações para nós, pastores que já tem experiência no assunto e que já são evangelistas estão passando experiências riquíssimas”, ressalta.

evangelista

Nas regiões leste e sul do Rio Grande do Sul, a iniciativa é coordenada pelo pastor Célio Longo, que lidera a área de evangelismo.

Mesmo com sua estrutura baseada na difusão do evangelho, nem sempre a Igreja Adventista tinha tanta gente concentrada no evangelismo formal. Há alguns anos, a figura do evangelista se concentrava com mais força em pastores e obreiros. Ao longo do tempo, a visão de que o envolvimento é uma das chaves para manter a fé, fez com que o trabalho ganhou fôlego. Isso abriu caminho para que voluntários tivessem acesso ao conteúdo aprofundado sobre evangelismo.

Para Tanise Reis, voluntária que também compareceu as capacitações de Taquara, a ideia trouxe novas oportunidades. “Isso valoriza mais, também para que os membros da igreja corram atrás, aprendam mais e passem para outras pessoas”, reflete.

A capacitação conta com apostilas de temas estudados durante o encontro, divididas por níveis de preparo. Elas têm requisitos que devem ser cumpridos, supervisionados e assinados pelo pastor da igreja. O programa segue acontecendo em outras cidades e terá novos módulos em 2017. [Equipe ASN, Willian Vieira]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox