Notícias Adventistas

Pastor recebe medalha por trabalho realizado com Desbravadores

Anderson Ferrantino é o primeiro adventista a ser condecorado com homenagem dos Heróis de 32

Pastor é condecorado com medalha entregue pelo Coronel Paulo Telhada. (Crédito: Roberto Oliveira)

Pastor é condecorado com medalha entregue pelo Coronel Paulo Telhada. (Crédito: Roberto Oliveira)

São Paulo, SP… [ASN] Pela relevância de seu trabalho, o pastor Anderson Ferrantino, diretor dos Desbravadores e Aventureiros da sede adventista para o sul de São Paulo, foi condecorado com a Medalha dos Heróis de 1932 (MMDC) na noite do dia 29 de setembro. Na cerimônia, realizada na Assembleia Legislativa de São Paulo, no Ibirapuera, ele recebeu a insígnia das mãos do coronel Paulo Telhada.

Leia também:

Concedida para autoridades civis e militares que prestem serviços relevantes à sociedade paulista, no caso dos Aventureiros e Desbravadores, que somam cerca de 7.500 membros na localidade, o reconhecimento se deve ao trabalho social, a conduta cristã, o civismo e a oportunidade de novas perspectivas de vida concedidas às crianças e adolescentes – em virtude de ser um ministério aberto às comunidades.

“Não faço nada sozinho e não quero honras e méritos para mim. O agradecimento é para Deus e esta é uma homenagem a todos os voluntários que auxiliam os clubes das igrejas”, comenta o pastor Anderson Ferrantino.

Com a inscrição “Morreram Jovens para Viver Sempre”, a medalha intitulada “Heróis de 32, da Sociedade Veteranos de 32 – MMDC” trata-se de um tributo aos quatro estudantes que reivindicaram um Estado democrático durante a Revolução Constitucionalista de 1932. Policiais civis e militares também foram agraciados com medalhas e condecorações na mesma noite. Ferrantino é o primeiro adventista a receber a honraria. [Equipe ASN, Stephanie Tavares]

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox