Mais

Sedes regionais

Clique nas Uniões para ver seus campos

Para selecionar uma União clique na coluna ao lado

25 de setembro de 2012

Igreja Adventista lança comissão para estudar teologia da ordenação

Artur Stele, vice-presidente que presidirá a comissão, dirige-se ao Concílio Anual do ano passado.Silver Spring, EUA … [ASN] Líderes da Igreja Adventista do Sétimo Dia no mundo votaram nessa semana estabelecer uma Comissão de Estudo da Teologia da Ordenação com o objetivo de submeter um relatório ao Concílio Anual de 2014, uma reunião anual dos administradores da Igreja a nível mundial. Da sede sul-americana adventista, participarão dois representantes, um brasileiro e outro hispano. “Deveremos fazer a indicação dessas pessoas nos próximos dias”, informa o pastor Erton Köhler, líder sul-americano adventista.

Quatro sessões das comissões, cada reunião devendo durar até três dias, irão preceder o relatório de outubro de 2014, disseram os líderes.  “Queremos um processo aberto”, disse o pastor Ted Wilson, presidente da Associação Geral dos Adventistas do Sétimo Dia, à Comissão Administrativa da denominação, antes da votação. “Queremos ouvir o que Deus e o Espírito Santo querem nos dizer, por meio de estudo da Bíblia, estudo do Espírito de Profecia, e de oração.”

O voto vem um ano após a divulgação em 2011 de um roteiro para o processo de estudo. A Comissão Executiva da denominação no Concílio Anual de 2014 pode decidir recomendar medidas para a Assembleia da Associação Geral de 2015, em San Antonio, Texas.

A Comissão será composta de uma ampla gama de indivíduos, incluindo “mulheres, homens, jovens e idosos, membros, teólogos, estudantes da Bíblia, aqueles que escreveram ou falaram sobre o assunto e alguns outros”. A Comissão não terá nenhum oficial da Igreja a nível global a não ser o presidente, o vice-presidente e o secretário, mas os três diretores sendo membros ex-officio.

“Quando o processo começar, há duas questões que serão realmente estudadas”, disse Artur Stele, diretor do  Instituto de Pesquisa Bíblica, da Igreja a nível mundial, que presidirá a nova comissão. “Número um, a teologia da ordenação, o que a ordenação é ou não é. Em seguida, o segundo, “Quais são as implicações para as práticas da Igreja, com ênfase especial na ordenação de mulheres ao ministério pastoral”? [Equipe ANN]