Notícias Adventistas

Encontro motiva mulheres a fazerem a diferença em suas comunidades

Evento reuniu 315 mulheres e teve como tema “Toque Um coração, Alcance Seu Mundo”

O objetivo foi motivar as mulheres a estarem preparadas para tocarem os corações as pessoas ao redor

Governador Celso Ramos, SC… [ASN] A mensagem bíblica orienta os cristãos a alcancem as pessoas ao seu redor, ou seja, no seu mundo. Mas para alcançar os outros é necessário ter uma vida de comunhão com Deus. Com este pensamento é que aconteceu o Encontro do Ministério da Mulher da Associação Catarinense – AC (Igreja Adventista do Sétimo Dia no centro sul de Santa Catarina) neste fim de semana (6-8 de outubro). Com o tema “Toque Um Coração, Alcance Seu Mundo”, a programação reuniu 315 mulheres.

“Para ajudar exteriormente, precisamos primeiro estar bem pessoalmente. Devemos querer uma mudança no comportamento e nas emoções para lidar melhor com os outros”, comenta a professora Débora Abrascio, líder do Ministério da Mulher – AC. Para motivar as participantes, o evento teve vários testemunhos, como de Zênia Moroz Martins, de 81 anos. Oitava filha de imigrantes russos, suas dificuldades não foram empecilho na vida: “Na minha época mulher não precisava estudar, tinha que cozinhar. Teremos dificuldades, mas não temos que ir chorar em casa. Precisamos confiar em Deus e fazer o que for preciso”, explica Zênia, advogada há 50 anos.

Assuntos como depressão e equilíbrio emocional foram amplamente abordados. Por exemplo, a psicóloga Heloísa Vargas orientou as mulheres nas várias fases da vida: “Podemos nos transformar em pais melhores, em seres humanos capaz de alterar comportamentos e modificar a nós e aos outros. Ouvir sobre o que não alcançamos nem sempre é fácil, mas mudar para aquilo que desejamos é divino. Por isso, coloque Deus em primeiro lugar e com certeza as mudanças serão acrescentadas”.

Rosimeire Ossucci é de Brusque e há mais de 20 anos é adventista. Não é o primeiro evento deste tipo que ela participa, mas para ela, novos conhecimentos sempre são apresentados a cada ano: “Apesar de sabermos muitas coisas sobre o relacionamento familiar, devemos sempre nos lembrar de coisas que as vezes esquecemos, como sermos temperantes, sermos pacientes…apesar de pedirmos a Deus, sempre é possível melhorar”.

Além das mulheres adventistas, muitas convidadas estiveram presentes, como é o caso de Ivete Deucher, de Bom Retiro. Ela não é adventista e foi convidada por uma amiga para estar presente no evento. “Depois de muita insistência da minha amiga Arlene, eu decidi vir e o evento foi maravilhoso. Realmente foi gratificante participar. Principalmente em termos de espiritualidade, abre muito a nossa mente”, explica Ivete.

“Tenho a certeza que as mulheres sentiram o toque Divino e foram motivadas a alcançar vidas para Cristo”, conclui a professora Débora. [Equipe ASN – Daniel Gonçalves]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox