Notícias Adventistas

Encontro de tesoureiros de igrejas apresenta novas técnicas e reforço espiritual

A Igreja Adventista conta com o trabalho voluntário de tesoureiros que atuam em igrejas locais, orientados por uma equipe de auditores no registro da chegada de recursos financeiros.

Momento especial da Santa Ceia com a presença de pastores distritais

Sorocaba, SP…[ASN] Para a igreja se manter, crescer e desenvolver seus projetos é necessário que haja recursos financeiros providos de ofertas, dízimos e doações. Os recursos são fundamentais para manter a Igreja viva e assim cumprir a missão. Neste cenário é que entra o papel do tesoureiro de Igreja. Entre os dias 3 e 5 de fevereiro aconteceu o treinamento com 200 tesoureiros no CTA (Centro de Treinamento Adventista), em Araçoiaba da Serra.

Com o tema ‘Guardiões do Tesouro”, a intenção do Departamento de Tesouraria da Igreja Adventista na região sudoeste do estado de São Paulo (Associação Paulista Sudoeste – APSo) foi de capacitar, treinar e motivar. Reforçar que o trabalho do tesoureiro é um ministério e que tem um valor sagrado. Na abertura aconteceu a Cerimônia da Santa Ceia que contou com a presença da liderança institucional da igreja.

O pastor Demóstenes, professor de teologia no IAENE, foi o palestrante oficial

O pastor Celestino de Sousa é o idealizador do evento e diretor financeiro da Igreja Adventista na região sudoeste. Ele disse que o sucesso da Igreja é ter uma boa estratégia financeira somada com voluntários consagrados comprometidos com a missão. “Temos visto tesoureiros dedicados a Deus e quando nos encontramos aqui é uma alegria. O objetivo da igreja é unificar os procedimentos técnicos de acordo com o novo programa de tesouraria.”

Durante as reuniões o pastor Demóstenes Neves da Silva, professor de teologia do Instituto Adventista de Ensino do Nordeste (IAENE), ressaltou o significado espiritual do tesoureiro no contexto bíblico. Na sua fala ele menciona o livro de Neemias que dá as características daqueles que são nomeados para cuidarem dos tesouros de Deus. “Os tesoureiros nos tempos bíblicos eram sacerdotes consagrados. Os recursos financeiros que chegam na casa de Deus são coisas santas ao Senhor. Na Igreja Adventista em todo mundo os recursos não são propriedade de um indivíduo, mas sim de Deus para cumprir a sua missão.

pastor Ivan Canhadas, diretor de Mordomia da APSo fala aos tesoureiros

Nelson Bezerra Costa é tesoureiro na Igreja do bairro Jardim Wanderley, em Tatuí. Ele conta que há 10 anos atua como voluntário na área financeira . “Esse trabalho me ajuda a desenvolver melhor a mordomia cristã. Entender o que Deus espera de mim como  fiel mordomo. Eu gosto muito do que eu faço pois tenho uma vida espiritual mais próxima de Deus.

Já o auditor de Igrejas da APSo, Silvonei Faria, mencionou que trabalhar na área financeira da denominação é uma grande responsabilidade perante Deus e que o encontro é o momento de tratar as questões técnicas e práticas. “Não basta cuidar só do espiritual, a parte técnica é extremamente importante, mas não pode ser desassociada uma da outra”, diz Faria.

Segundo Elnio Freitas, diretor financeiro da igreja Adventista para todo o Estado de São Paulo (União Central Brasileira – UCB), o treinamento reflete direto na saúde financeira da igreja local. “Os tesoureiros são lideres e exercem um papel espiritual na igreja. É por eles que passam todos os recursos financeiros que é de suma importância na pregação do evangelho e execução dos diversos projetos missionários.” [Eber Pola, equipe ASN]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox