Notícias Adventistas

Culto familiar é foco de congresso de pais

Ao todo, cerca de 600 famílias participaram dos quatro encontros promovidos pelo Ministério da Criança da Associação Catarinense (IASD – centro sul de SC)

“É responsabilidade dos pais educar seus filhos, principalmente na vida espiritual”, comentou Simei Porfírio, líder do Ministério da Criança – AC

São José, SC… [ASN] No mundo atual a terceirização de responsabilidades está cada vez mais forte, principalmente no cuidado das crianças pelos seus pais. Entretanto o princípio bíblico é que os filhos são a herança de Deus e devem ser cuidados com sabedoria, principalmente em sua vida espiritual (Salmo 127:3). Com essa preocupação é que foi realizado pelo Ministério da Criança da Associação Catarinense (IASD – centro sul/SC) o Congresso de Pais nas quatro regiões do campo. Ao todo 600 famílias participaram.

O título dos encontros foi “Tempo Juntos”, alusivo a importância de dedicar momentos com o filho amado. “Queremos que os pais tenham consciência do papel deles na vida espiritual dos seus filhos. Eles têm essa responsabilidade e esse privilégio”, explica a professora Simei Porfírio, líder do ministério na associação. Os eventos aconteceram em Itajaí (10/6), Tubarão (11/06), Florianópolis (24/06) e Lages (25/06, alcançando as macrorregiões da sede administrativa da Igreja Adventista.

Quatro palestrantes foram convidadas: Meibel Guedes, terapeuta familiar que falou sobre a disciplina dos filhos como um ato de amor; Priscíla Coelho, nutricionista que destacou a alimentação como um ato para a eternidade; Eliziane Damiani, pedagoga ressaltando o culto familiar para pais com filhos de 0 a 12 anos; e Tânia Fritoli, que abordou também o culto familiar, só que para pais com adolescentes de 13 a 16 anos. “As palestras foram dinâmicas. Para minha família já aproveitamos para implantar o incentivo das tarefas semanais proposto pela professora Meibel. Foi inspirador e motivacional”, diz Fabiano Santos, de Florianópolis.

Ao final, um contrato fictício foi assinado pelos pais para se comprometerem em dedicar mais tempo aos seus filhos, principalmente no culto familiar. Os pais também ganharam uma pequena casinha com sugestões de dinâmicas cristãs para o momento de adoração a Deus em casa. “Na igreja temos apenas uma hora de culto para as crianças. E esse momento é como se fosse uma sobremesa de uma semana inteira de alimento espiritual. Temos que fazer a nossa parte em casa. Passar o amor de Deus para os pequenos”, finaliza a professora Simei. [Equipe ASN – Daniel Gonçalves]

Fotos em Florianópolis de Christian Quint

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox