Notícias Adventistas

Geração Z é tema de encontro de pastores

Encontro aponta diferenças entre as novas gerações e a necessidade de abordagens estratégicas para cada uma delas

Envolvimento dos pastores com os jovens foi o tema central do encontro.

Envolvimento dos pastores com os jovens foi o tema central do encontro

Bozano, RS… [ASN] Nesta terça e quarta feira, 2 e 3 de agosto, os 22 pastores que lideram as igrejas e colégios adventistas do noroeste do Rio Grande do Sul deixaram um pouco a sua rotina e se dirigiram ao município de Bozano para participar do chamado Pastori. Esse encontro é realizado na zona rural e tem o objetivo de direcionar e orientar os participantes sobre as metas que a igreja pretende alcançar, além de motivá-los no trabalho que eles já desempenham.

Veja também:

A reunião, que acontece uma vez por ano, teve como tema principal o trabalho e a atenção que os pastores devem ter com os jovens adventistas que nasceram no final dos anos 90 e início do século 21, a chamada Geração Z. Esses fiéis, segundo as palestras apresentadas, representam estatisticamente uma grande fatia do número total de participantes da igreja e, por estarem plenamente inseridos no contexto de vida da era pós-moderna, necessitam de abordagens e estímulos diferenciados do que tradicionalmente é trabalhado.

“Nós precisamos ter um cuidado muito especial com as novas gerações. Eles são o futuro da igreja e para que permaneçam firmes e fortes é preciso que sejam ativos e vibrantes, e assim garantam o mesmo efeito na geração futura”, explica o pastor Moisés Mora, líder dos jovens adventistas nas regiões oeste, meio oeste e norte de Santa Catarina.

O líder aponta também a importância de realizar um encontro como esse com todos os líderes ministeriais do território administrativo gaúcho. “Os pastores são grandes responsáveis pelo que acontece na igreja. A partir deles, muita mudança e conscientização por parte dos fiéis pode acontecer, pois eles olham para figura do pastor com a importância que realmente tem. Ele é o líder e a referência espiritual. Portanto, quando ele entende a necessidade de cuidar das novas gerações e passa isso à igreja, a mesma compreende a importância do assunto a começa a colocá-lo em prática”, pondera Mora.

O encontro também foi marcado por momentos de reflexão espiritual e estudo sobre as diferenças entre as chamadas Gerações X, Y e Z. Durante os momentos finais, os pastores se dividiram em grupos e fizeram um estudo do livro Geração Perdida, do escritor americano David Kinnaman. A obra aborda, entre outros assuntos, os motivos que têm levado muitos jovens a abandonar as igrejas nos dias atuais. [Equipe ASN, Douglas Pessoa]

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox