Notícias Adventistas

Crianças aprendem a colorir o mundo com Jesus no XII Aventuri da AC

Atividades dinâmicas chamaram a atenção dos aventureiros em Araranguá

Todo o acampamento teve o contexto sobre colorir o mundo

Araranguá, SC… [ASN] Unir atividades lúdicas com ensinamentos cristãos. Esse foi o objetivo do XII Aventuri da Associação Catarinense – AC (IASD centro sul/SC) realizado no último fim de semana (1-3/12) em Araranguá. As crianças se divertiram e aprenderam que Jesus veio para “colorir o mundo” com sua mensagem. “Nós mostramos basicamente a história da redenção para elas e isso é uma semente que jamais sairá das suas mentes”, explica o pastor Joel Morais, líder Aventureiros – AC.

Dos 75 clubes de Aventureiros da região da AC, 56 estiveram presentes, trazendo uma multidão de 1.550 pessoas, entre crianças e pais. Para manter a atenção das crianças, a coordenação do evento trouxe diversos convidados. Como o Teatro Gil & Cris, que há 27 anos usa bonecos manipulados para ensinar os pequenos. “Nossa proposta foi ensinar rindo, abordando temas importantes, inclusive sobre ideologia de gênero. Falamos desde a criação até a volta de Jesus”, detalham os atores Gilmar Cerqueira e Cris Lopes.

Outros convidados foram a professora Glorinha (Glória Barreto), vinda de São Paulo, e o pastor Aryel Marques, líder dos Aventureiros da União Sul Brasileira (USB): “Fiquei feliz porque vi que o nível de concentração foi maior do que imaginávamos. Vi um clima de satisfação e alegria dos líderes e das crianças”, ressalta o pastor Aryel.

Espetáculo teatral chamou a atenção da criançada

As crianças, através da linguagem simples que elas têm, explicam o que mais gostaram: “Foi legal a parte do parque aquático, mas também a Glorinha, onde aprendi o que não devo fazer”, explica Letícia Villani, do clube Heróis do Vale, de Itajaí. Já para Caio Ribeiro Antunes, do clube Arautos do Advento Kids em Palhoça, o Detetive Colorido (Sábado à tarde), foi o que chamou mais a atenção: “Gostei do detetive. Aprendi a ser responsável, ouvir a Deus e não fazer bagunça”.

Além de ensinar que Jesus pode colorir o mundo, a proposta do Aventuri foi de também incentivar as crianças a serem agentes de Cristo. Vinícius é um exemplo. Por quatro anos ele foi um aventureiro e neste período decidiu pelo batismo, tendo seu primeiro contato com a Bíblia no próprio clube, o Farolzinho da Ilha, da Barra da Lagoa (Florianópolis). Logo mais pessoas da família se interessaram: “Eu me interessei pela mensagem através do testemunho do meu filho e resolvi estudar com a liderança do clube”, explica Fátima, mãe de Vinícius, que logo ela foi também batizada.

Família inteira é batizada como resultado do trabalho do clube de Aventureiros

Hoje Vinícius é desbravador, mas sua influência levou no Aventuri sua irmã, Isabelle, a ser batizada também. E por fim, o pai, Márcio, resolveu seguir a família: “Quando vi que minha família inteira estava na igreja, estudei a Bíblia e decidi também aceitar Jesus”, acrescenta Márcio.

“Famílias inteiras tem conhecido a mensagem de Deus através dos clubes. Tivemos mais de 50% dos participantes neste Aventuri formada por pessoas que estão conhecendo nossa igreja. Isso significa que os clubes estão sendo uma luz em suas comunidades. E ao ver crianças e pais felizes e aprendendo sobre Deus, sabemos que mensagem foi compartilhada”, conclui o pastor Joel Morais. [Equipe ASN – Daniel Gonçalves]

Veja todas as fotos na página da AC no Facebook

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox