Notícias Adventistas

Concílio de anciãos leva líderes a terem mais comunhão com Deus

Mais de 600 pessoas estiveram reunidas para treinamento técnico e motivação espiritual

037A8869Guarapari, ES…[ASN] Ser líder, gerenciador financeiro, ou responsável por determinada área dentro de uma igreja, requer dedicação e treinamento. Afinal, pessoas voluntárias se colocam à disposição para fazer com que a comunidade religiosa funcione de forma organizada.

Foi pensando na capacitação destes membros que estão à frente de suas igrejas que a Associação Mineira Leste, instituição responsável por todas as Igrejas Adventistas do Sétimo Dia para o leste de Minas Gerais, preparou um concílio durante o último final de semana no Acampamento Adventista de Guarapari (CATRES). Cerca de 600 pessoas estiveram presentes, entre anciãos, tesoureiros, pastores e líderes de Mordomia Cristã (departamento responsável por auxiliar os fieis na administração de seu tempo, dinheiro e talentos).

Segundo o pastor Wesley Carvalho, tesoureiro chefe das igrejas para o leste de Minas e um dos organizadores do evento, o objetivo era juntar o máximo possível de líderes neste concílio. “Nossas expectativas foram alcançadas. Aqui tivemos um bom treinamento técnico mas, além disso, motivação espiritual”, salienta.

037A8818“Um líder não pode oferecer o que ele não tem. Então quando ele participa de reuniões como estas, ele se recicla, se renova e volta para a sua igreja mais motivado para fazer o trabalho que precisa ser feito lá”, complementa o pastor Marco Bueno, que também organizou o evento e é o responsável pela área de Mordomia Cristã para as igrejas do leste mineiro.

“Os grandes Desafios da Igreja Hoje”, foi o tema abordado durante toda a programação. Como orador principal, o pastor Joseph Kidder que é professor na Andrews University e Doutor em Evangelismo e Igreja, falou sobre alguns segredos essenciais para o crescimento da Igreja. Entre eles, abordou a importância da oração e da comunhão pessoal e diária que um líder deve ter com Deus. “Jesus disse na Bíblia: ‘Minha casa será casa de oração’. Ele não disse que seria casa de ministérios, de pregações, de canções, mas sim de oração. Tudo isso é importante. Mas a oração é essencial”, explica.

037A8954Também como convidado especial, Edemilson Cardoso, atualmente pastor do Centro Universitário Adventista de São Paulo – campus Engenheiro Coelho, palestrou diretamente para anciãos e pastores.

Para os participantes, o conteúdo foi muito bem aproveitado. Além de aprenderem lições para a vida pessoal, foram incentivados a planejarem uma mudança em suas igrejas. Dener Correia da Silva, um dos líderes na igreja do Altinópolis em Governador Valadares, já sabe como vai colocar o aprendizado na prática. “Nós vamos fazer reuniões de oração primeiramente com os anciãos e posteriormente vamos passar isso para todos os membros”, conta.

037A8981Edilane Andrade, também líder na igreja de São João do Oriente – MG, compartilha da mesma ideia. “Acredito que essa comunhão e o contato com Deus, precisa partir de nós. Depois disso, podemos levar o que aprendemos aqui para os nossos amigos e companheiros de fé”, pondera.

Além das palestras de cunho espiritual, em alguns momentos o público foi dividido em grupos para ouvir a respeito de suas áreas de atuação. Para os pastores distritais, que são responsáveis por um grupo específico de igrejas, os treinamentos para seus membros auxilia no desenvolvimentos do trabalho local. “Com a qualificação recebida aqui nós poderemos, juntamente com os líderes de igrejas, alcançar resultados mais seguros e mais abrangentes a nível de evangelismo e também de qualidade de culto”, comenta o pastor Luís Fabiano Barbosa, responsável pelas igrejas na cidade de Mantena.

[Equipe ASN, Jenny Vieira].

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox