Notícias Adventistas

Concílio apresenta projeto ousado para expansão de clubes

Clubes em Missão visa abrir um novo clube em regiões sem presença adventista

Foram 70 regionais e distritais presentes e que saíram motivados para participarem do Clubes em Missão

Por Daniel Gonçalves

Neste fim de semana aconteceu o concílio de distritais e regionais de Desbravadores e Aventureiros da região centro sul de Santa Catarina (Associação Catarinense – AC). O encontro foi realizado em um belo sítio em Biguaçu e serviu para alinhar as atividades de 2018 dos clubes. O foco espiritual foi altamente enfatizado e reconsagrou os líderes catarinenses. Na parte de projetos, o grande destaque é o Clubes em Missão, que visa abrir clubes em regiões sem presença adventista (e consequentemente sem desbravadores e aventureiros).

Para isso, o audacioso projeto pretende que cada líder encontre um amigo inativo e os dois abram um clube em um bairro sem um clube e Igreja Adventista (conhecida como região de Missão Global). “A Igreja Adventista no Sul do Brasil irá trabalhar bastante o Amigos de Fé. Uma continuação do Cada Um Salvando Um que irá fazer os membros buscarem envolverem outros adventistas na missão. E o Clubes em Missão é basicamente um fruto da AC deste grande projeto”, explica o pastor Joel Morais, líder dos Desbravadores e Aventureiros – AC.

“Esse é o projeto mais audacioso que já vi”

O líder irá buscar um amigo que não está mais no clube. Os dois irão formar uma dupla de oração. Logo, eles irão trabalhar no bairro de Missão Global previamente escolhido pela AC. E durante todo o ano, com o apoio do clube de origem da dupla, eles irão focar em reverter esse quadro. O projeto abrange todos os clubes e seus líderes. “Esse é o projeto mais audacioso que já vi. Nós resgataremos um amigo e trabalharemos para criar um novo clube. Todos os clubes da minha região estarão envolvidos”, comenta Carlos Alexandre de Souza, líder da 10º região (de Tijucas a Nova Trento).

Atualmente, a Associação Catarinense tem 72 clubes de Aventureiros e 91 de Desbravadores. “Vamos orar para que esse número cresça como resultado do envolvimento de nossos desbravadores e aventureiros. Quanto mais pessoas envolvidas na missão, mais fortalecida será a igreja. É um projeto que norteará os clubes pelos próximos três anos. Nossa intenção final é que de cada novo clube surja uma nova Igreja Adventista”, conclui o pastor Joel Morais.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox