Notícias Adventistas

Apresentação de teatro infantil anima acampamento de aventureiros no Rio Grande do Sul

Apresentações, premiações e aprendizado marcaram do sétimo Aventuri do noroeste gaúcho.

31 de outubro de 2016
A turma do teatro Gil & Cris garantiram a descontração e o aprendizado dos aventureiros.

A turma do teatro Gil & Cris garantiram a descontração e o aprendizado dos aventureiros.

Santa Bárbara do Sul, RS… [ASN] O último final de semana de outubro ficará marcado na mente das 600 pessoas que participam de 20 clubes de aventureiros no noroeste gaúcho. Isso porque durante esses três dias (28, 29 e 30) eles estiveram acampados no interior de Santa Bárbara do Sul e participaram do sétimo Aventuri organizado pelo escritório que administra a Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD) nessa região.

As atividades começaram logo na tarde de sexta feira. Durante os três dias eles participaram de atividades que promoveram o crescimento físico, mental e espiritual. Com o Tema “Uma Aventura no Céu” as crianças ouviram palestras da educadora Gabriella Freire Martins que fez algumas reflexões sobre como será a vida no céu após a volta de Jesus Cristo, conforme descrita na Bíblia, e a necessidade dos pequenos de buscarem se aproximar cada vez mais de Deus.

De acordo com o pastor Márcio Xavier, líder dos aventureiros para todo noroeste gaúcho, a escolha do tema, relacionado a viagem celestial, se deu pela representatividade que o céu tem para o ser humano. “O céu é uma esperança do ser humano pois representa algo melhor que virá. Quando Jesus voltar e nós estivermos no céu, celebraremos a “aventura” que foi vencida na terra. Será uma recompensa. Então a ideia principal do tema “Aventura no Céu” é mostrar para as crianças que tudo que é bom, lindo e especial aqui na terra, nos será oferecido numa proporção muito maior lá”, explica o líder.

Mais de 200 aventureiros participaram.

Mais de 200 aventureiros participaram.

Além da reflexão religiosa, o Aventuri também reforçou para as crianças a importância dos valores morais defendidos e ensinados pela agremiação. “Desenvolvimento físico, mental e espiritual estão em primeiro lugar. Eles aprendem também a respeitar as pessoas, a servir a comunidade e ajudar os pais”, cita Xavier. Tais valores também foram mostrados durante a apresentação da Companhia de Teatro de Bonecos Gil & Cris. Um casal que trabalha com apresentações dos personagens infantis incentivando as crianças a estudar a Bíblia e a colocar em prática valores cristãos na vida delas. Ao mesmo tempo também em que são feitas brincadeiras criando um clima de recreação saudável.

Elogio e reconhecimento pelo ensino de valores morais não veem apenas dos diretores e responsáveis pelos clubes. Os pais dos aventureiros também notam essa característica e pontuam positivamente o trabalho que vem sendo feito com seus filhos. Renato Costa é um desses pais. Ele, que é funcionário público em Santa Maria não só apoiou a participação do filho no clube e no Aventuri como também veio com a esposa para o acampamento afim de acompanhar as atividades do filho. “A maior importância que vejo nisso é a questão da integração deles com a natureza e com a família. Aqui a gente vivencia a maneira como nosso filho está aprendendo a se virar sozinho porque num acampamento tu não tem (sic) a estrutura de casa. Assim tu vê a importância de a criança saber se organizar. Tudo isso é importante porque é agora que eles terão a formação que será levada por toda a vida”, assegura Costa.

O evento foi encerrado na manhã de domingo com cerimônias públicas de entrega na qual alguns aventureiros tomaram a decisão de fazerem parte oficialmente da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Além disso, os clubes também receberam premiações por terem cumprido requisitos pré-estabelecidos durante o Aventuri e no período que antecedeu ao evento. . [Equipe ASN, Douglas Pessoa]

Veja mais imagens do nosso Facebook. 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox