Notícias Adventistas

Álcool mata mais do que a Aids, afirma psicóloga

O tema é o principal destaque da Campanha Quebrando o Silêncio 2016

Cinquenta por cento dos casos de violência doméstica estão associadas à dependência do álcool

Cinquenta por cento dos casos de violência doméstica estão associadas à dependência do álcool

 

Brasília, DF… [ASN] O álcool destrói vidas e mata mais do que a Aids por ano no mundo. É o que afirma a psicóloga Simone Bohry, pós-graduada em álcool e drogas pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Dados revelam que 30% dos leitos dos hospitais hoje são ocupados por pessoas associadas ao uso do álcool e 50% dos casos de violência doméstica estão diretamente ligados à dependência da substância. “O álcool é um problema de segurança e saúde pública, a ponto de leis serem feitas para controle e até coibição do uso, alerta”.

Leia também: 

O tema é o principal destaque da Campanha Quebrando o Silêncio 2016, promovida pela Igreja Adventista do Sétimo Dia em oito países da América do Sul. O projeto educativo contra o abuso e a violência doméstica terá como ponto alto da mobilização o dia 27 de agosto. Mais informações sobre o assunto na entrevista do ASN TV com a psicóloga no vídeo abaixo. Confira. [Equipe ASN, da redação]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox