Notícias Adventistas

Adventistas seletos celebram batismos em São Paulo

Conhecidos como Valentes de Davi, eles influenciam cerca de sete pessoas ao batismo por ano.

Valentes são homenageados no encontro. Na foto, Vencelino conta que influenciou 15 pessoas ao batismo entre 2016 e 2017.

Vila Matilde, SP… [ASN] No sábado, dia 13, o grupo de adventistas diferenciados, conhecidos como Valentes de Davi, reuniu-se no Colégio Adventista de Vila Matilde para celebrar o trabalho realizado nos últimos meses em todo Estado de São Paulo. Cerca de 250 pessoas participaram do encontro promovido pela sede administrativa da Igreja Adventista no Estado de São Paulo (União Central Brasileira).

Leia também:

Os valentes fazem uma jornada cristã dupla. O trabalho que realizam é semelhante ao que os valentes bíblicos faziam no antigo testamento. Focados e determinados, eles têm a missão de influenciar, no mínimo, sete pessoas ao batismo por ano. Além disso, eles também devem ensinar seus talentos e estratégias para os novos adventistas. Dessa forma, o legado é passado de geração para geração e o trabalho continua.

Encontro reuniu 250 valentes. No Estado são mais de 500 pessoas envolvidas.

A cada ano, este grupo se reúne para compartilhar as boas histórias vividas, inclusive, foi isso que o pintor Vencelino Pereira fez. Durante o evento, ele contou como faz para estudar a Bíblia com 27 pessoas e como levou 15 interessados ao batismo no último ano em Itaquá, no interior de São Paulo. Paralela a sua jornada de trabalho, que é bastante exaustiva, ele dedica suas poucas horas de folga para o que chama de “propósito maior”.

Segundo o líder dos valentes, pastor Edimilson Lima, este é um grupo seleto de adventistas. “Eles fazem o que ninguém faz. Andam a segunda milha, dedicam-se integralmente ao ministério de Jesus. Por isso é que eles são tratados como pessoas especiais”, acredita. [Equipe ASN, Jhenifer Costa]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox