Notícias Adventistas

Adventistas capixabas vão às ruas contra o álcool e drogas

O projeto “Quebrando o Silêncio” contou com passeatas, palestras e atendimentos de saúde gratuitos à comunidade

Comunidade recebeu com carinho a mensagem de alerta

Comunidade recebeu com carinho a mensagem de alerta. Foto: Elbert Santos

Vitória, ES… [ASN] Violência doméstica, acidentes de trânsito, doenças psicológicas, baixas na economia, sonhos interrompidos. As consequências do uso de álcool e drogas ultrapassam o limite das estatísticas e configuram uma triste realidade na prática. Dados da Universidade Federal de São Paulo (2006) apontam que 1 em cada 7 famílias brasileiras tem alguém com problemas significativos em relação ao álcool.  Já em 2014, a mesma entidade divulgou levantamento que mostrou que ao menos 28 milhões de pessoas no Brasil têm alguém na família dependente químico.

Passeata em São Pedro contou com desbravdores e aventureiros

Passeata em São Pedro contou com desbravadores e aventureiros. Foto: Ayanne Karoline

Entendendo a necessidade de alertar a sociedade sobre essa problemática, a Igreja Adventista do Sétimo Dia realizou no último sábado (27), em oito países da América do Sul, o projeto Quebrando o Silêncio. No Espírito Santo, milhares de famílias foram às ruas para chamar a atenção por meio de passeatas, feiras de saúde, palestras educativas e congressos gratuitos.

Em Vitória, no bairro Resistência, uma passeata com mais de 300 crianças e adolescentes do Clube de Desbravadores levou o recado. Eles caminharam com faixas e materiais informativos, acompanhados de uma fanfarra e dois trios elétricos, até a praça central de São Pedro I.

Mais de 400 pessoas foram atendidas em feira após a passeata

Mais de 400 pessoas foram atendidas em feira após a passeata. Foto: Divulgação/Facebook

Já em Nova Almeida, na Serra, uma grande passeata saiu do início do bairro em direção à praça, distribuindo revistas e panfletos informativos à comunidade. No local de chegada, uma feira de saúde realizou mais de 400 atendimentos gratuitos com dentista para crianças, psicólogos, nutricionistas, fisioterapeutas e psicoterapeutas. Quem passou por lá também conferiu uma peça teatral com a Polícia Militar sobre drogas e álcool, além de fazer aplicação de flúor, teste de glicemia, aferição de pressão, bazar gratuito e corte de cabelo.

Na avenida central de Novo Horizonte, também na Serra, uma passeata foi realizada por jovens, adultos e crianças. Além da panfletagem casa em casa, faixas nos semáforos levaram informações. Os desbravadores de Cidade Continental, bairro próximo, fizeram entrega de informativos nos terminais rodoviários de Carapina e Laranjeiras.

Já no bairro de José de Anchieta, considerado um dos mais violentos do Estado,  houve uma passeata com panfletagem de informativos e revistas sobre o tema.

Na mídia

26.080001

Matéria publicada pelo jornal A Tribuna.

O Quebrando o Silêncio foi destaque em sites e jornais impressos locais. O jornal A Tribuna, de maior circulação no Espírito Santo, publicou matéria na sexta-feira (26). Também fizeram divulgações os sites ESHOJE, Folha Vitória e Portal Tempo Novo.

 

[Equipe ASN, Ayanne Karoline]

Salvar

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox