Notícias Adventistas

Igreja que Navega inicia suas atividades nas comunidades ribeirinhas

Projeto atenderá moradores do Amazonas com suporte assistencial e evangelístico.

 

Iniciativa foi construída com ofertas missionárias enviadas de todo o mundo

Manaus, AM … [ASN] Segundo pesquisas no Brasil há oito segmentos reconhecidamente como menos evangelizados. Destes, dois estão fortemente presentes no território da Noroeste do Brasil, que são os indígenas, com mais de 117 etnias sem conhecimento da Bíblia, e os ribeirinhos, reunidos em mais de 10 mil comunidades sem igrejas evangélicas em toda bacia Amazônica.

Por isso, a “Igreja que Navega” surge como uma resposta da Igreja Adventista do Sétimo Dia, fazendo frente a este desafio. Um dos objetivos é motivar os seus fiéis para estarem engajados na evangelização das pessoas que residem nas comunidades por onde a embarcação passará.

Leia mais:

” O coração bate mais forte por saber que muitas pessoas serão beneficiadas por meio deste grandioso projeto. Pessoas de várias partes do mundo participaram de alguma forma para que este dia chegasse. Hoje dia 27 de abril, ficará marcado para sempre. É um momento histórico, pois é o início da realização de um sonho que nasceu no coração de Deus”, relata o líder pastoral da Igreja que Navega, Reno Guerra.

A primeira comunidade a ser atendida será a de Gutierrez, que fica a três horas de barco da cidade de Manaus, AM. Na localidade residem aproximadamente três mil pessoas. As casas do vilarejo ficam todas em casas de palafitas. Segundo o presidente administrativo da Igreja Adventista para a região Noroeste, pastor Gilmar Zahn, a expectativa é que o projeto alcance os objetivos, dos quais um deles é estabelecer novos templos em lugares mais remotos, mais distantes. “Uma igreja onde fará brilhar o farol da luz da Bíblia”, finaliza. [Equipe ASN, Tatiane Virmes]

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox