Notícias Adventistas

Evangelismo motiva população de Belo Horizonte a estudar a Bíblia

Programação envolveu 120 igrejas da capital mineira e resultou em 500 batismos

Encerramento do programa foi realizado no Catre para, aproximadamente, cinco mil pessoas (Foto: Aline Soares)

Belo Horizonte, MG… [ASN] José Valério sentou-se no sofá para conhecer os canais oferecidos pela TV por assinatura recém contratada para assistir à Copa do Mundo. Enquanto manuseava o controle, o técnico em informática se deparou com um programa chamado Arena do Futuro. A vinheta repleta de elementos tecnológicos chamou a atenção e Valério decidiu ficar naquele canal para assistir ao programa, na expectativa de obter mais algum conhecimento de informática. “Quando o apresentador entrou de terno, pensei que se tratava de algum analista de sistemas”, recorda Valério. O “analista”, na verdade, era o pastor Luís Gonçalves, apresentador da TV Novo Tempo.

Valério começou a estudar a Bíblia em 2014, com a TV Novo Tempo, e hoje se dedica a levar o evangelho através da internet

No início do programa daquele dia, o pastor Gonçalves abriu a Bíblia no livro de Êxodo e, mesmo não sendo relacionado à informática, o tema despertou o interesse de Valério. “Continuei prestando atenção e lembro que o tema foi o Sinai e o Calvário. Foi muito esclarecedor para mim”, comenta. Três anos se passaram, e hoje Valério dedica parte do seu tempo para atualizar o canal oficial do pastor Luís Gonçalves no YouTube, como voluntário. “Eu quero que mais pessoas conheçam a Cristo para que Ele volte a este mundo o mais rápido possível, conforme a vontade do Pai”, afirma Valério.

O Encontro de Amigos da Novo Tempo, realizado em Belo Horizonte de 4 a 10 de junho, foi marcado por histórias como a de Valério. Pessoas que desejam aprender mais sobre a Bíblia contaram com o apoio de gente que se dedica a conduzir outros no conhecimento. Dessa maneira, 120 igrejas abriram as portas durante a semana para estudar a Bíblia com a comunidade. Para o programa, a capital mineira recebeu pastores de várias partes de Minas Gerais e também de Brasília, do Rio de Janeiro e do Espírito Santo. Cada pastor ficou responsável por uma congregação. Entre os temas estudados, estiveram a volta de Jesus, a salvação e o santuário celestial. Ao longo do programa, 500 pessoas foram batizadas.

A Igreja Adventista Central de Belo Horizonte foi uma das 120 congregações da capital receberam o evangelismo (Foto: Aline Soares)

A desempregada Regina Lúcia não perdeu nenhum dia de culto na Igreja Central de Belo Horizonte. “No dia 10 de junho é meu aniversário e esta semana de evangelismo foi um presente para mim. Está sendo muito emocionante”, afirma Regina.

A semana finalizou com uma celebração no Centro Adventista de Treinamento (Catre), na tarde do sábado (10) com o pastor Luís Gonçalves e o quarteto Arautos do Rei. Aproximadamente cinco mil pessoas assistiram à programação no local e outras 26 mil através da transmissão ao vivo realizada na página do Facebook AdventistasUAI.

O programa recebeu caravanas do centro-oeste mineiro e do Triângulo. Amarildo Morais mora em Patrocínio (MG) e viajou com a família por sete horas para estar no evento. “É a primeira vez que participamos e estamos muito emocionados. É satisfatório estarmos aqui vendo essas ações em louvor a Cristo”, destaca Morais.

Programa envolve pastores em escola de evangelismo  

Durante a semana, pela manhã, pastores participaram de aulas de evangelismo (Foto: Pr. Leonidas Guedes)

O Encontro de Amigos da Novo Tempo faz parte do projeto Evangelismo Escola, realizado há sete anos em oito países da América do Sul. Além dos cultos nas igrejas, o projeto envolveu os pastores em aulas de evangelismo com o pastor Luís Gonçalves, todos os dias da semana, no período da manhã.

De acordo com o pastor Luís Gonçalves, o Evangelismo Escola surgiu baseado na experiência de Jesus com os discípulos. “Durante três anos e meio, Jesus fez com os discípulos um programa teórico e prático. Jesus ensinava falando e ensinava fazendo. Inspirado nisso, criamos o Evangelismo Escola. Essa foi a ideia bíblica, a base teológica e fizemos alguns ajustes para adaptar [o projeto] a cada país da América do Sul”, explica o pastor Gonçalves. [Equipe ASN, Fernanda Beatriz]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox