Notícias Adventistas

Cozinheira utiliza tempero para salvar vidas

Dezenas de pessoas mudaram seus hábitos alimentares graças a iniciativa de Edilene

 

 

Diariamente, Edilene cozinha para mais de 60 pessoas

Curitiba, PR…[ASN] Muita gente sabe que o cozinheiro de um restaurante é o responsável pela produção das refeições, cardápios e supervisão dos trabalhos de cozinha. E para conseguir desenvolver tal função é preciso ter paciência, criatividade e um paladar apurado. Mas, o que muita gente não sabe é que existem cozinheiros que vão além daquilo que lhe é proposto, como no caso de Edilene Almeida do Carmo, que há 15 anos, utiliza o seu tempero para mostrar que não é preciso parar de comer para ter uma alimentação saudável, mas sim, saber o que comer.

“Quando se fala em alimentação mais natural, o que vem na mente de muita gente é apenas fazer a ingestão de frutas e legumes. O meu objetivo é conscientizar as pessoas a se alimentarem de forma saudável e mostrar que a comida natural, quando bem feita, tem muito mais sabor”, acredita Edilene.

Há 15 anos, Edilene se dedica à preparação de comida vegetariana

Apesar da correria do dia a dia, adotar uma alimentação rica em fibras tem sido atitudes cada vez mais comuns entre pessoas com uma rotina de trabalho intensa. “Muita gente já reconhece que se alimentar de maneira correta é o segredo para uma boa saúde e nada melhor que a alimentação vegetariana para comprovar isso. Como adventista, quero mostrar para o mundo que existe um Deus que se importa com tudo em nossa vida, até com aquilo que comemos”, ressalta a cozinheira.

Durante a semana, Edilene trabalha como cozinheira no restaurante da sede administrativa da Igreja Adventista no sul do Paraná.. E nos períodos de folga e finais de semana, ela coloca em prática seu ministério.  Por trás da preparação do alimento existe uma motivação: a de utilizar seu dom e talento para levar a mensagem de conscientização.

À frente do Ministério da Saúde de sua igreja, a cada 15 dias, ela oferece variados pratos vegetarianos para a comunidade local. “A gente quer incentivar as pessoas a se alimentarem melhor, e para isso juntamos três itens importantes: a conscientização, já que a nossa mente precisa entender que precisamos desse tipo de alimentação. O segundo item é agradar os olhos – é muito importante servir um alimento bem apresentável. Então, quanto mais bonito  o prato, melhor. E por último, o paladar. A comida além de estar bonita tem que ser muito gostosa”.

Tão importante quanto ter habilidade para cozinhar e montar pratos harmoniosos e apetitosos, o cozinheiro precisa saber trabalhar em equipe e ter espírito de liderança.

Cozinheira conquista vários adeptos à comida vegetariana

Seguindo esses princípios e valores, ao longo do tempo, Edilene viu a mudança na forma de pensar de muitas pessoas resistentes a esse tipo de alimentação, a começar pela sua família. A partir daí, ela pôde perceber que a sua profissão era mais importante que imaginava. E servir a Deus com seus dons e talentos tem sido o “tempero” a mais que aproxima as pessoas.

“ Quero mostrar que a comida vegetariana não é ruim ou sem sabor. Pelo contrário, basta acrescentar tudo na medida certa com uma pitada a mais de amor e carinho. Além de deixar a saúde em dia, deixa a pele muito mais bonita”, conclui Edilene .

[Equipe ASN, Kívia Henning / foto: Denisson Di Berardino]

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox