Notícias Adventistas

Caixa da Esperança atraiu curiosos em Sergipe

Um "caixa eletrônico" diferenciado foi montado na capital sergipana para oferecer livros de graça à população

Curiosidade atraiu muita gente ao "caixa eletrônico" diferenciado. Foto: Leopoldo Marinho

Curiosidade atraiu muita gente ao “caixa eletrônico” diferenciado. Foto: Leopoldo Marinho

Aracuju, SE … [ASN]  A artista plástica Cláudia Toscana se deparou com um caixa de auto-atendimento diferente, enquanto passava pelo centro de Aracaju: em lugar de dinheiro, era livro o que saía do equipamento. Assim como ela, outras pessoas se aproximavam, em um primeiro momento receosas, e depois surpresas ao receberem em mãos um exemplar do livro Em Busca de Esperança. O caixa eletrônico da esperança foi uma maneira criativa e lúdica para promover o livro missionário dentro do projeto Impacto Esperança. A ação aconteceu na sexta, dia 26 de maio, e foi realizada pela Missão Sergipe, sede da Igreja Adventista do Sétimo Dia para esse estado brasileiro.

“Eu achei essa ideia maravilhosa! Ultimamente só temos recebido notícias ruins e eu fiquei surpresa quando cheguei no calçadão e fui convidada a colocar este cartão. Recebi um grande presente, vou ler e quando se trata da palavra de Deus, o presente fica mais valioso ainda” declarou Cláudia Toscana. Assim como ela, as pessoas recebiam um cartão que era usado para retirar o livro no caixa.

A ação também incentiva a leitura e o técnico em informática Jorge Luiz afirma que foi uma ótima iniciativa. “Isso é bom para que a juventude veja a importância da leitura de uma outra forma. Nossos jovens precisam criar o hábito de ler e esse método que vocês usaram foi muito criativo e diferente. Eu gostei muito de ter recebido este livro e vou ler hoje mesmo.

Grupo reunido antes da entrega. Foto: Leopoldo Marinho

Grupo reunido antes da entrega. Foto: Leopoldo Marinho

Na opinião do pastor Eliezer Júnior, líder da Igreja Adventista do Sétimo Dia para o estado de Sergipe, o sentimento é de alegria. “Estou muito realizado pois vejo que deu certo. Fico pensando em quantas pessoas conhecerão a mensagem através de ações como essa” afirma Eliezer.

Os administradores, diretores de departamentos e os servidores da Missão participaram desta distribuição que tinham cerca de 3000 mil livros.[Equipe ASN, Emilly Martins]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox