Notícias Adventistas

Prévia do projeto Quebrando o Silêncio mobiliza adultos e crianças

O projeto, que conscientizará a população sobre os perigos do consumo de álcool, já teve início no interior do Rio Grande do Sul.

Crianças da IASD Central de Cruz Alta exibem "mãos" que confirmam a participação delas no projeto.

Crianças da IASD Central de Cruz Alta exibem “mãos” que confirmam a participação delas no projeto.

Cruz Alta, RS… [ASN] A campanha do projeto Quebrando o Silêncio, que todos os anos movimenta adventistas de todo o Brasil contra abuso sexual infantil e a violência doméstica, será iniciada oficialmente no último sábado de agosto, dia 27. No entanto, na cidade gaúcha de Cruz Alta, no noroeste do estado, essa campanha de conscientização já está mobilizando os fiéis. Na manhã do último sábado (20) a programação do culto na Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD) central da cidade foi adaptada para apresentar o projeto para as crianças e os adultos presentes.

Veja também:

Segundo Mírian Jacinto, líder do departamento responsável pelas crianças e adolescentes no noroeste gaúcho, o foco do projeto Quebrando o Silêncio deste ano se concentrará no consumo de álcool e outras drogas lícitas dentro das famílias. “A ideia é mostrar como o consumo dessas coisas afeta o bem-estar do lar, expõe as crianças e adolescentes a problemas que podem ser evitados e abrem portas para coisas mais graves”, explica.

O projeto desde ano, no entanto, não está restrito apenas a comunidade religiosa. Desde o início da semana, as líderes do ministério da Criança têm passado nas escolas de Cruz Alta apresentando o projeto e mostrando um pequeno vídeo em desenho animado na qual as crianças são incentivadas a denunciarem caso estejam sofrendo algum tipo de abuso. “Através desse vídeo elas já aprendem que se elas se sentirem constrangidas com algum comportamento desse cunho vindo de uma pessoa adulta, elas não precisam se calar e podem denunciar imediatamente o caso”, explica a líder. Durante a apresentação do projeto também foi anunciada uma passeata que acontecerá nas ruas da cidade, em setembro, e concretizará o objetivo de impactar o município e estimular vítimas de abusos e do álcool a dar o primeiro pássaro para mudar sua situação. [Equipe ASN, Douglas Pessoa]

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox