Notícias Adventistas

Mídia nacional destaca história de goleiro que decidiu não atuar aos sábados

Apesar de perder o contrato com o atual time, atleta segue com fé inabalável.

Photo3

Em entrevista coletiva, goleiro confirmou crença no quarto mandamento, baseada na Palavra de Deus.

Londrina, PR… [ASN] Nesta semana, a imprensa esportiva teve suas atenções voltadas para a decisão do goleiro Carlos Vítor da Costa Ressurreição, de 30 anos, de não desenvolver atividades esportivas do pôr do sol de sexta-feira até o de sábado. Na quarta-feira, 20, durante uma entrevista coletiva, Vitor falou sobre o que motivou a seguir o princípio bíblico à risca, conhecido por ele há 12 anos por meio da sogra, Tânia Rocha.

Nas redes sociais, torcedores se mostraram surpresos – alguns, emocionados e favoráveis com a decisão do atleta, enquanto outros, manifestos por meio de revolta e intolerância como reação à atitude incomum no âmbito esportivo. A atenção se deve ao fato de que Vitor, vestindo a camisa do Londrina Esporte Clube no último ano, fez defesas importantes que culminaram na ascensão do time da série C para a B do Campeonato Brasileiro, sendo escolhido o melhor goleiro do torneio e até sondado por outros clubes de futebol.

Leia também:

Junto às conquistas profissionais do goleiro adventista, vieram adversidades. Isto porque boa parte dos jogos que serão realizados na série B, vão acontecer às sextas e aos sábados. Além disso, uma proposta de ter o salário dobrado e duelar contra equipes tradicionais do futebol brasileiro na série A do torneio – pela equipe da Chapecoense, de Santa Catarina – foi recusada pelo jogador, conforme notícia do diário Lance!, tudo por conta da crença do jogador no quarto mandamento da lei divina.

Apesar do conhecimento de longa data, a realidade da guarda do sábado só fez sentido após o goleiro passar por uma experiência de fé e estudo aprofundado da Bíblia. Um ano antes da data de seu batismo, que ocorreu em 27 de dezembro de 2015, ele se viu em uma situação difícil. Foram longos quatro meses em casa, sem qualquer contrato assinado com nenhuma equipe. Mesmo assim, Vítor percebeu a mão de Deus ajustando sua vida através de um fato, quando ainda moravam em Salvador. Sua esposa, Gabriela, foi ao cabeleireiro e uma amiga lhe indicou a possibilidade de atuar como revendedora de bolsas. Foi então que, a partir disto, criaram sua própria marca e iniciaram um negócio que se expandiu rapidamente. “Em pouco tempo, o lucro se tornou maior do que o meu salário no clube. Este foi o momento em que entendi que Deus teria diversas maneiras de sustentar a minha família”, contou.

Veja, abaixo, uma reportagem realizada pela TV Tarobá sobre o assunto:

Com isto, Vítor deixou o medo de lado e iniciou um processo que ele mesmo chama de “intimidade com Deus”. O goleiro passou a estudar as Escrituras Sagradas e orar todos os dias. “A minha fé não está fundamentada nas palavras de um pastor ou coisa parecida. Eu estudei a Bíblia e cheguei à conclusão de que precisava crescer espiritualmente”, relatou.

Frente a tantos questionamentos, o jogador se mostrou tranquilo ao longo dos últimos dias – e durante a coletiva – ao responder se estava preparado para escolher entre a fé e a profissão. “Com certeza, escolho a fé. Muitos vieram antes de mim, para que eu tivesse a chance de escolher”, reforçou aos jornalistas.

Hoje, o goleiro carioca revelado pela equipe baiana do Vitória é respeitado na equipe do Londrina e até iniciou um grupo de estudos da Bíblia com os colegas mais próximos. Nem mesmo a notícia de que seu contrato não será renovado pelo time, que se encerra em maio, o abalou. “Estou tranquilo porque minha vida está nas mãos de Deus. Enquanto tiverem clubes que respeitem minha crença, o esporte vai ser sempre uma opção. Caso contrário, o Senhor já me mostrou no passado que cuida mim”, reforçou.

Nesta semana, o jornalista Ayrton Baptista Jr, que escreve para um blog ligado ao site do Globo Esporte, publicou um texto elogiando a atitude do jogador. “Não sou religioso, mas me emociono com a escolha de Vitor. […] A fé falou mais alto”, destacou o blogueiro. [Equipe ASN, Carolina Félix]

Veja a reportagem que mostra trechos da coletiva de imprensa do goleiro Vitor:

Assista ao vídeo da série Falando de Esperança sobre a posição oficial da Igreja Adventista sobre a guarda do sábado:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox