Notícias Adventistas

Jovens presenteiam família com reforma de casa em Gravataí

Voluntários dedicaram noites e fins de semana em favor da reforma no ato de solidariedade

reforma-

Voluntários dedicaram noites e fins de semana em favor da atividade.

Gravataí, RS… [ASN] Imagine a seguinte situação: um casal deixa seu lar por pouco mais de duas semanas e, quando volta, se depara com a residência quase toda modificada. “Não acredito!”, expressa a dona da casa, Maiara Petiz, ao ver a parede pintada e os azulejos fixados na parede do banheiro.  “Nem sei o que dizer… Está muito, muito bom, gente!”, continua.

Leia mais:

Maiara mora com seu marido, Maicon Petiz, no município gaúcho de Gravataí desde 2014. Há algumas semanas, a casa deles tinha um visual bastante simples e até precário. Um exemplo é que as madeiras do telhado eram todas visíveis, pois não havia o forro que as tampasse. Nas paredes, o reboco era quase que inexistente, o que fazia com que os tijolos ficassem visíveis a quem observasse.

A reforma da casa já estava nos planos da família, mas uma situação acabou adiando as coisas. Maiara é natural do Estado do Ceará e já fazia um ano e meio que não via seus parentes. Foi então que, parte das economias que fizeram para os ajustes na casa, utilizou esse recurso para que viajasse, amenizasse a saudade e oferecesse assistência aos familiares.

Neste contexto, uma turma de jovens adventistas conhecida do casal viu uma oportunidade de ouro. Krysthal Lima, líder dos jovens no distrito de Vista Alegre, explica que a ideia inicial era menor, mas ganhou fôlego diante da necessidade do casal. “A nossa base distrital do programa Geração 148 se reuniu e decidiu criar um projeto, em um primeiro momento, para ajudar jovens da igreja e reformar o quarto de jovens. Mas aqui a gente pode reformar não só o quarto, mas toda a casa deles, tudo aquilo que eles precisavam e com várias pessoas se disponibilizando. Assim, a gente está fazendo a diferença para essa família”, explica.

Dessa maneira, a missão começou. Algumas doações em dinheiro chegaram, bem como materiais de construção. Bate martelo daqui, corta madeira de lá e a residência – que era simples na aparência – tornou-se, aos poucos, um lar com novos ares, objetos, cores, tudo bem caprichado e restaurado. Um dos voluntários que atuou na reforma é Rogério Rolisk, amigo antigo de Maicon. Para ele, o sentimento de contribuir positivamente com tal trabalho é motivador. “Ele já me ajudou muitas vezes, pois eu também estou arrumando a minha casa, e agora, eu estou aqui, podendo retribuir, ajudando ele, então vai ser muito gratificante”, revela.

No dia da entrega, Maicon e Maiara se sentiram amados e, inclusive, parte de um grupo. “A gente não imaginava chegar aqui e a casa estar terminada, do jeito que a gente queria”, afirma Maicon, surpreso com o resultado. “Deus colocou essas pessoas na nossa vida e fazer parte do Geração 148, desse grupo de pessoas, é maravilhoso”, comemora Maiara.

antes e depois

Na imagem, a aparência interna da casa de Maicon e Maiara antes e depois da reforma.

Vale lembrar que a iniciativa não acabou por aqui. Essa foi só a primeira reforma feita pelo projeto, que agora tem nome: Mãos à Obra. Os jovens pretendem encontrar maneiras de ajudar outras pessoas que estejam na mesma situação ou até em maior necessidade. Essa é uma prova de que união e a vontade podem fazer muito. “Essa é uma sensação ótima que, acho que nem uma outra coisa pode trazer,  é a do dever cumprido. Essa reforma é a primeira de muitas, se Deus quiser”, revela Krysthal.

Para o pastor Vinícius Cardoso, líder de jovens adventistas das regiões leste e sul do Rio Grande do Sul, a iniciativa tem tamanha relevância a ponto de jamais ser esquecida. “Esses jovens abriram mão de tempo, de recursos, de lazer, para viver para a Glória de Deus e para fazer o bem a outra pessoa. Eu ouso dizer que essa reforma tem o mesmo efeito daquela mulher pecadora que ungiu Jesus poucos dias antes da Sua morte. Ele disse que onde a história dEle fosse contada, a dela também seria. Pois eu afirmo que onde falarem de Geração 148, a história dessa galera será contada, pois os jovens viveram em essência, aquilo que nós acreditamos”, afirma. [Equipe ASN, Willian Vieira]

Acompanhe a reportagem em vídeo, logo abaixo:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox