Notícias Adventistas

Janeiro Branco reforça importância de cuidar da saúde emocional

Campanha visa a saúde do ser humano através do equilíbrio nos aspectos físico, mental e espiritual

Arte de apoio à campanha publicado nas redes sociais da Igreja Adventista do Sétimo Dia no Brasil

São José dos Campos, SP… [ASN] A Organização Mundial de Saúde (OMS) está alertando quanto ao crescimento histórico das taxas descontroladas de suicídio, depressão e ansiedade em todo mundo. Dados da OMS mostram que a cada 40 segundos uma pessoa comete suicídio, somada a outras 20 tentativas malsucedidas. Além disso, esse problema tem atingido todas as faixas etárias. Por isso, um grupo de psicólogos elaborou a campanha Janeiro Branco, que incentiva o cuidado da saúde mental e emocional. Além de eliminar preconceitos, esse grupo tenta promover a conscientização sobre a importância de refletir sobre as condições emocionais como fator decisivo para a saúde. Diante disso, a Igreja Adventista do Sétimo Dia também tem apoiado a iniciativa, inclusive em suas contas oficiais em redes como Facebook e Twitter.

Leia também:

“O objetivo da campanha é criar uma cultura nacional da valorização da subjetividade humana”, destaca o psicólogo Leonardo Abrahão, idealizador da campanha em entrevista à rádio CBN, de Belo Horizonte. O profissional conta que a ideia é convidar a população a pensar sobre sua vida, a olhar para dentro e aprender a colocar os sentimentos para fora. “É importante não esconder, não engolir e nem negar sentimentos.”

Material de conscientização foi distribuído para mais de 800 líderes da igreja

Material de conscientização foi distribuído para mais de 800 líderes da igreja

Abrahão almeja que as pessoas compreendam que tratar da saúde mental não é um bicho de sete cabeças. Pelo contrário, pode resolver muitos dos problemas que parecem sem solução. O Janeiro Branco quer que a humanidade fique em paz e não cogite nem a hipótese de tirar a vida diante de uma situação que pareça sem saída. Saber lidar com as emoções é chave para isso. “Se nós valorizarmos o diálogo entre as pessoas, respeitarmos o momento das delas falarem sobre seus sentimentos, medo, angústias e frustrações, nós estaremos favorecendo a saúde emocional”, argumenta o psicólogo.

A Igreja Adventista para a região do Vale do Paraíba promoveu o Janeiro Branco em um encontro com 850 líderes, no dia 22 de janeiro, no Centro Universitário Adventista de São Paulo, campus Engenheiro Coelho, a fim de que a campanha alcance 29 mil membros espalhados entre as congregações e estes divulguem para seus amigos e familiares. Foi levado ao conhecimento do público da reunião a revista Fique Leve como material de apoio que traz orientações sobre saúde física, mental e espiritual. Para baixá-la, clique aqui. A proposta da campanha é que cada pessoa se envolva de diferentes formas, desde influenciar pelas redes sociais ou até promover encontros com profissionais da saúde para tratar do tema. [Equipe ASN, Jefferson Castilho e Gabriela Frontini]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox