Notícias Adventistas

Chegada do inverno mobiliza adventistas paulistas em campanhas do agasalho

De varal solidário a campanha fotográfica, várias foram as ações solidárias que mobilizaram os adventistas neste inverno.

615566-970x600-1

Ao menos cinco moradores de rua morreram em junho na capital por causa do frio, segundo Arquidiocese de São Paulo. (Foto: Agência Folha).

São José dos Campos, SP… [ASN] Chega o inverno e com ele a necessidade de tirar do guarda-roupa aquele agasalho quentinho, uma coberta mais reforçada e até uma vestimenta mais charmosa para enfrentar as baixas temperaturas. Mas se muitas vezes, nós sentimos frio com roupas já reforçadas, como fica a situação para os moradores de rua, pessoas mais carentes e até animais sem dono.

Há duas semanas atrás, quando os termômetros chegaram a marcar graus negativos em vários pontos do Estado de São Paulo, foi registrado pela Arquidiocese da capital paulista que pelo menos cinco moradores de rua haviam morrido por causa do frio. Automaticamente as ações da campanha do agasalho foram reforçadas em todo o país para que de uma maneira ou outra, o sofrimento dos mais necessitados pudesse ser amenizado.

Na região do Vale do Paraíba e do Alto Tietê, diversos voluntários da Igreja Adventista também se mobilizaram para de alguma forma, e muitas delas bem criativas, pudessem resolver esse problema. Foram quilos e mais quilos de roupas, cobertores, agasalhos e comida arrecadados para quem não tem dinheiro algum. De varal solidário a parcerias com entidades públicas, as iniciativas aconteceram nos diversos bairros e uniu muita gente.

Fotógrafo Solidário

Em Mogi das Cruzes, o fotógrafo Gerson Barros colocou em prática uma ideia bem inovadora. Após navegar pelas redes sociais, ele viu que um amigo, também do ramo, estava trocando agasalhos por mini ensaios fotográficos e então decidiu fazer a mesma ação. Após colocar em seu Facebook que estava arrecadando agasalhos e que cada três peças doadas a pessoa ganharia mini ensaio gratuito, logo a sala de sua casa encheu de sacolas com roupas.

13458572_1052774298136112_8868242433718313251_o

Kits distribuídos a moradores de rua fruto do trabalho solidário do fotógrafo Gerson Barros. (Foto: Arquivo Pessoal)

“Eu queria fazer algo diferente e que envolvesse a fotografia, que é o meu trabalho e hobby e ao ver a ideia do colega, não pensei duas vezes. Muita gente quer muito uma fotografia profissional, mas não tem dinheiro, e essa foi a oportunidade. A ideia aqui é ajudar o próximo, mostrar carinho para quem mais precisa”, ressalta o profissional.

Em uma semana de campanha ele conseguiu formar 48 kits que continha cobertor, roupas, calçados e um livro intitulado Viva com Esperança. Junto com seus amigos, ele saiu para distribuir os kits e mais alguns lanches no sábado à noite e no domingo pela manhã realizou, em um dos principais pontos turísticos da cidade, o ensaio fotográfico de todos os colaboradores.

A ação do fotógrafo adventista teve destaque na mídia.

Varal Solidário

As ações em grupo também aconteceram pelas regiões e uma das ideias que mais se disseminaram foi a do varal solidário. Segundo a proposta, a ideia é que um varal seja estendido em uma praça com várias roupas expostas para quem quiser pegar e levar. Organizados em equipes da Ação Solidária Adventista (ASA) das congregações, os adventistas promoveram o varal solidário nas cidades de São José dos Campos, Bragança Paulista, Mogi das Cruzes, Poá e Suzano. Ao todo foram doados mais de 1 tonelada de roupas, calçados e cobertores.

Em Suzano, a ação aconteceu neste último domingo (04) no Jardim D. Benta e além da roupa em si, também foi entregue 300 exemplares do livro Esperança Viva e 60 quilos de macarrão, arrecadados durante a 16º Gincana da Solidariedade da TV Vanguarda. Segundo uma das organizadoras, Mariza Assis, o varal solidário foi uma forma de unir mais ainda os fiéis da igreja e colocar em prática o que é ensinado dentro do templo.

“Não tem como a gente se envolver em projetos como esse e não perceber como é gostoso ajudar o próximo, ter uma oportunidade tão palpável de falar de Jesus, poder trabalhar em equipe e se sentir útil. Deus é tremendo em nos abençoar e nós não podemos guardar isso só pra gente, precisamos colocar esse relacionamento e o amor cristão em prática”, afirma.

Parcerias e Gincanas

20.06.16-Campanha-do-Agasalho-é-encerrada-oficialmente-com-arrecadação-de-mais-de-30-mil-peças-Foto-Divio-Gomes-5

Encerramento da campanha do agasalho da prefeitura de Bragança Paulista. Igreja Adventista foi mencionada como parceira. (Foto: ASCOM da Pref. de Bragança Paulista).

Nas unidades escolares da Educação Adventista, os alunos e colaboradores também se envolveram na arrecadação dos agasalhos. Em cada colégio havia caixas de papelão que serviam de postos coletores da prefeitura para este fim, e tiveram colégios que fizeram até gincanas para saber que turma doava mais. Um dos exemplos foi do Colégio de Bragança Paulista que envolveu todos os alunos do Ensino Infantil nesta atividade.

No mesmo munícipio, a Igreja esteve em parceria com o Fundo Social de Solidariedade e fez do seu prédio um posto de arrecadação público. Na manhã da terça-feira (05), em solenidade de encerramento da Campanha do Agasalho 2016, a presidente do Fundo Social, Rosangela Leme, agradeceu o empenho e apoio da Igreja e ressaltou que a iniciativa das arrecadações só aconteceu graças a essa ajuda.

Leia também:

Campanha do Agasalho é encerrada com arrecadação de mais de 30 mil peças

IMG_0808

“Quando nos doamos pelo próximo, estamos não apenas fazendo o bem, mas transformando nossa comunidade”, diz pastor Éden Serrano.

Para o líder da ASA na Associação Paulista do Vale (APV), que é administração religiosa para esta região do país, pastor Éden Serrano ser solidário precisa ser uma característica inerente a toda pessoa, sendo cristã ou não, como forma de fazer melhor não apenas pelo próximo, mas pela comunidade onde estamos inseridos.

“Cada vez que eu me doou pelo próximo, estou fazendo o bem não apenas por ele, mas também pra mim. E esse é o legado que Jesus nos deixou: transformar vidas, ter coragem para fazer a mudança e criar condições para que o nosso próximo se sinta abraçado e vença na vida. Que essa corrente do bem não aconteça apenas no inverno, mas todos os dias”, pede o líder religioso.

[Equipe ASN, Mairon Hothon]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox