Notícias Adventistas

Sábado da Educação é marcado por transformações de vidas

Eliane Fernandes passou por um longo período de incerteza mas finalmente se entregou a Jesus

Eliane Fernandes passou por um longo período de incerteza mas finalmente se entregou a Jesus

Para todas as escolas adventistas da Associação Paulistana, o último sábado foi especial. Foi o Sábado da Educação Cristã. A Rede Educacional Adventista é internacionalmente conhecida por não desenvolver somente as matérias restritas ao comum sistema escolar, mas o investimento nos princípios morais e nos valores pessoais também fazem parte da cultura deste sistema.

Um exemplo é Eliane Fernandes, mãe de Isabelle, de 8 anos,  aluna do segundo ano do colégio Adventista de Jardim Utinga. Estudou em escola adventista e quase entrou para a igreja ainda nos tempos de colégio, mas após se formar no Ensino Médio acabou se afastando dos caminhos de Deus. Quando teve uma filha, se recordou do que havia aprendido no colégio e decidiu que a menina deveria crescer com o mesmo tipo de educação. Por isso colocou a menina no Colégio Adventista de Jardim Utinga.

O contato, novamente, com a mensagem adventista, e os reflexos da educação cristã apresentados pela filha, despertaram o desejo de Eliene de se reaproximar da igreja. Começou a estudar a Bíblia, juntamente com o pastor da escola, Yuri Quintana, e decidiu se batizar. A cerimônia aconteceu no último sábado, 29 de setembro.

Em entrevista a equipe de Comunicação da Paulistana, Eliane falou a respeito de sua experiência de conversão. Confira:

Paulistana – Como você conheceu a igreja?

Eliene Fernandes – Eu estudei na escola adventista desde o primeiro ano e me formei lá. Aprendi a temer a Deus e era o que eu queria para minha vida. Depois que eu me formei segui outro caminho e me afastei. Quando eu tive minha filha decidi que ela deveria ter os mesmos princípios. Procurei a escola do Jardim Utinga para que ele conhecesse o Deus que eu conheci e sempre esteve comigo.

Com o que você se identificou na educação adventista?

Pelo estudo da Bíblia, que para mim sempre foram a verdade. Sempre busquei e me senti muito feliz em poder restaurar tudo isso. Eu acredito que hoje em dia tudo é muito livre. É importante haver regras, disciplina, essas coisas.

Os efeitos da educação já aparecem na vida da sua filha?

Sim, com certeza. No começo do ano ela se sentiu meio perdida. Procurei o pastor Yuri Quintana e ele nos passou total segurança. Com o tempo ela gostou bastante e até já fala de Jesus para as amigas.

Quando surgiu novamente a vontade de entrar para a igreja?

À esquerda, pastor Yuri Quintana, ao lado da pequena Isabella, filha de Eliane, em momento de entrega de certificado de batismo

À esquerda, pastor Yuri Quintana, ao lado da pequena Isabella, filha de Eliane, em momento de entrega de certificado de batismo

Foi com o contato que tive com pastor. Passei por um problema escolar com minha filha e o procurei. Ele foi  muito atencioso e resolveu meu problema. Também me ofereceu a oportunidade de estudar a Bíblia. Aceitei e aí reacendeu tudo o que eu sentia nos meus tempos de escola. Estudei, me aprofundei e decidi me batizar.

Pode ser considerada uma das escolhas mais importantes da sua vida?

A maior escolha. Quero mostrar as mudanças que Deus pode fazer em nossa vida. Estou muito feliz porque consegui novamente a paz que havia perdido desde quando sai da escola. Estar com Jesus é maravilhoso. É saber que a cada dia há uma nova oportunidade de conhecimento, de busca, de fé, esperança e salvação, principalmente.

 

[fve]http://youtu.be/TGzGPaiWKWo[/fve]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox