Notícias Adventistas

Retiros espirituais objetivam tornar colégios “mais adventistas”

Espiritualidade deu a tônica em evento educacional - Crédito das fotos Samuel FreireItaipava, São Paulo … [ASN] “Nunca tive uma oportunidade como aquela, de ter momentos a sós com Deus”. “É difícil expressar nossas dificuldades no ambiente de trabalho, e agora conhecemos os problemas dos colegas, e pude também senti o carinho deles”.  Opiniões como estas são fáceis de encontrar entre os 346 participantes do Retiro Espiritual da Educação Adventista do Sul do Paraná.
O evento aconteceu em duas edições. A primeira nos dias 16 e 17 de junho, e a segunda nos dias 23 e 24, ambas no CATRE SP, em Itaipava. De acordo com a professora Neide Macedo, diretora da rede educacional, os encontros de capacitação para tornar melhores os profissionais são rotineiros, mas o retiro, que está sem sua segunda edição, tem como objetivo tornar as escolas cada vez mais adventistas.
O grande foco do programa foi a comunhão, tanto nas palestras quanto nos momentos individuais e em grupo. O líder da área de Mordomia Cristã da Associação Sul Paranaense (ASP) da Igreja Adventista do Sétimo Dia, pastor Jaime Martins, esteve nas duas edições e destacou o cuidado com o corpo, através de hábitos saudáveis, como elementar para o relacionamento com Deus. Falou ainda sobre o uso do tempo e a fidelidade em todos os aspectos da vida, passaporte para a comunhão com Deus.
“Todos foram desafiados a se envolverem de forma pessoal com as coisas de Deus, e refletir este comportamento na vida de estudantes, colegas e pais”, destaca a professora Neide. O pastor Herbert Boger Junior, presidente da ASP, destacou o plano 777 para os participantes.
Kit comunhão e grupo de oração – Um kit contendo água, barra de cereais, lenço, caneta, bloco de anotações, tapete de oração e o livro Minha vida na presença de Deus foi o presente dado a cada participante. Com ele, todos puderam desfrutar de horas de contato íntimo e marcante com Deus, refletindo na vida, projetos e o futuro.
Outro momento marcante foi vivenciado pelos grupos de oração, formados por oito participantes, com a oportunidade de repartir as lutas diárias enfrentadas na vida particular, abrindo espaço para o conhecimento dos colegas e a campanha de oração intercessora.
Como nos tempos de Jesus e a caminho do reencontro – Lavar os pés, tomar o suco de uva e comer o pão – símbolos representativos do sacrifício de morte de Jesus, em um ambiente decorado de maneira a relembrar os tempos em que Jesus esteve na Terra, emocionou os participantes. Na primeira edição, o líder da rede educacional adventista no Sul do Brasil, pastor Douglas Menslin, fez a reflexão espiritual. Na segunda, o pastor Bruno Santelli, do Colégio Adventista Bom Retiro, foi o orador.
“No final nós destacamos aos participantes que aqueles que desejam estar no céu não podem entrar lá sozinhos. É preciso mostrar às pessoas o verdadeiro caminho”, explica a professora Neide ao contar que cada educador recebeu uma ficha batismal, fazendo o compromisso de levar alunos, familiares e colegas aos pés de Jesus. Eles assistiram os testemunhos do estudante André e do colaborador Paulo, ambos atraídos para a Igreja através do colégio.
Resultados emocionantes – Foi a primeira vez que Adriana Maria dos Santos, que é telefonista no Colégio Adventista Alto Boqueirão, participou do encontro. Para ela o momento da oração em grupo, com a oportunidade de sentir o apoio dos colegas foi inesquecível.
Atuando no mesmo colégio, Sandra Nascimento, que é coordenadora pedagógica, disse que sentiu mais motivação para participar por haver enfrentado muitas dificuldades para chegar ao local do retiro. “A presença do anjo, que vimos desde o momento da chegada, e que aparecia de forma silenciosa e inesperada em todas as partes do programa me fez refletir que estamos o tempo todo sob observação, e que tem um anjo relatando nossos atos e cuidando de nós”, destaca. [Equipe ASN, Francis Matos]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox