Notícias Adventistas

Rede Educacional Adventista inicia suas atividades com 5.208 alunos

Com a chegada da nova administração da IASD na região sudoeste paulista, a Rede ganhou mais de 3 mil alunos em oito anos.

 

Unidade na cidade de Indaiatuba com projeção de 1.200 alunos para 2019

Sorocaba, SP… [ASN] Depois de um período de campanha de matrículas para 2018, as sete unidades escolares da Associação Paulista Sudoeste (APSo) iniciaram no dia 29 de janeiro oficialmente o seu ano letivo. Segundo o relatório da APSo, hoje são 5.208 alunos matriculados. A expectativa é que nas próximas duas semanas ainda as unidades recebam novos alunos.

Ao longo dos anos o Departamento de Educação vem realizando um investimento significativo na expansão estrutural em todas as suas unidades. Novas fachadas, renovação de ambientes, auditórios, cantinas, laboratórios e outros investimentos – oferecendo qualidade no atendimento aos alunos e pais.

Vivemos em uma sociedade em que alguns valores de família e princípios são distorcidos. A filosofia adventista de ensino tem preparado o aluno em seu desenvolvimento físico, mental e espiritual. Para os pais a Escola Adventista é uma caminho seguro na formação integral do seus filhos.

Segundo José Prudêncio Júnior, diretor do Departamento de Educação da APSo, a Educação Adventista é um projeto que nasceu no coração de Deus. “Vivemos em um mundo competitivo e continuamos crescendo. Somos gratos a Deus que apesar das dificuldades permanecemos em pé. Temos uma base cristã baseada na Palavra de Deus.

Investir na formação do professor

Professor Júnior fazendo o encerramento do evento no auditório do Colégio Adventista de Sorocaba

Cada início de ano todos os professores da Rede recebem treinamento. Com o tema “A Filosofia e o Ensino – Além dos Livros”, aconteceu, no dia 22 de janeiro, a capacitação no Colégio Adventista de Sorocaba – com a presença de 235 educadores. A intenção foi de apresentar as novas diretrizes para 2018.

Para a coordenadora pedagógica da APSo, Rose Baliani, a ideia foi de aprimorar as metodologias aplicadas na sala de aula, não somente mediante o embasamento filosófico, mas as estratégias de ensino em si. “Sem estratégias não temos resultado. Cada professor precisa viver a filosofia cristã. Ir além dos livros.”

Foi com essa intenção que professor Orlando Mário Ritter, assistente da Rede Adventista para todo o Estado de São Paulo, abriu o encontro ressaltando o tema. Na sua fala ele diz dos desafios de educar uma geração muito tecnológica. “É na sala de aula que o professor precisa usar da tecnologia para conduzir o aluno para o pensamento reflexivo. Contribuir para o seu aprendizado”. Ainda Ritter destaca que é muito importante alcançar metas mas sem deixar de lado o poder que vem da comunhão diária com Cristo.

Oficina Educação Infantil ministrada pela professora Selma Fonseca

Para os professores o treinamento foi também a oportunidade de trocar ideias e estratégias por meio das oficinas realizadas pelos autores de livros didáticos usados em sala de aula. No total foram 20 convidados que se dividiram entre oficinas e palestras. Lucélia Camargo Sales trabalhou na rede pública de ensino por 15 anos. Com a mudança para a Rede Adventista, o treinamento chegou na hora certa. “Foi maravilhoso o que recebi aqui de informação pois me deu mais segurança e direcionamento meu novo trabalho.”

Alexandre Luis Trovon é autor dos livros de matemática do Ensino Fundamental II e Médio da editora da Casa Publicadora Brasileira. Mestre na sua área e membro do corpo do Programa de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (PROFMAT), luis dirigiu algumas oficinas. Para ele foi muito bom ter essa aproximação com o professores. “O pensar matemático tem que ser uma experiência individual, prazerosa e única, transformando a visão do mundo do estudante”, relatou ser uma das atribuições do professor. [Eber Pola, equipe ASN]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox