Notícias Adventistas

Professores participam de júri simulado e recebem destaque da imprensa

Projeto promovido pelo Memorial do Judiciário do Rio Grande do Sul busca estimular a cidadania entre estudantes.

Professores-participam-de-júri-simulado-e-recebem-destaque-da-imprensa

Pela primeira vez, educadores participaram do projeto “Formando Gerações”

Porto Alegre, RS… [ASN] Professores do Colégio Adventista de Porto Alegre participaram de um júri simulado no Palácio da Justiça, ontem, 28 de setembro, na capital gaúcha. A atividade faz parte do projeto “Formando Gerações”, promovido pelo Memorial do Judiciário do Estado e busca estimular a cidadania entre os estudantes. Esta foi a primeira vez que educadores participaram da iniciativa. A experiência foi destaque no jornal da TVE no período da noite, na página do Tribunal de Justiça de Porto Alegre e no jornal Correio do Povo nesta terça-feira, 29.

Os conteúdos podem ser acessados abaixo:

Projeto Formando Gerações capacita professores – Site do Tribunal de Justiça
http://www.tjrs.jus.br/site/imprensa/noticias/?idNoticia=224556

Jornal da TVE:

Júri simulado atrai e facilita estudos – Correio do Povo

Professores-participam-de-júri-simulado-e-recebem-destaque-da-imprensa1Professores das séries finais do Ensino Fundamental e do Ensino Médio tiverem ontem, no Palácio da Justiça, em Porto Alegre, a experiência de um julgamento simulado. A atividade educativa integrou o projeto “Formando Gerações”, que é promovido pelo Memorial do Judiciário do RS para difundir cidadania entre estudantes; e que, pela primeira vez, recebeu educadores. O objeto da simulação foi o polêmico Crime da Rua do Arvore- do, caso no qual um açougueiro e sua esposa foram condenados por matar pessoas e fazer linguiça para vender no açougue.

A coordenadora do projeto, Mary Biancamano, explica que a composição do ambiente de julgamento simula a realidade, para propiciar compreensão de lides jurídicas e aprimorar o posicionamento cidadão perante a Justiça. Para o diretor de Educação das Escolas Adventistas, Anderson Voos, foi a oportunidade de aproximar o educador desse tema, para que replique os ensina- mentos em sala de aula. E a professora Viviane Doki ficou entusiasmada. “Fonte de informação sobre a Justiça para estudantes é a mídia. Agora, terão uma fonte didática”, avalia a docente. [Equipe ASN, Bianca Lorini]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox