Notícias Adventistas

Escola Adventista de Palmas dá mais um passo rumo à inclusão

Atento a essa particularidade, o professor trouxe para a aula algumas táticas do basquete para cadeirantes.

Em 2013, um aluno trouxe um novo desafio para a Escola.

Em 2013, um aluno trouxe um novo desafio para a Escola.

Palmas, TO…[ASN] Escola inclusiva é a que busca garantir o acesso e a participação de todos os alunos a todas as oportunidades, trabalhando com as peculiaridades de cada indivíduo. Buscando esse ideal, passo a passo a Escola Adventista de Palmas vem se adaptando e capacitando seus profissionais para o trato com todas as crianças.

Em 2013, um aluno trouxe um novo desafio para a Escola. Portador de Artogripose, Bruno Damasceno, do maternal II, nasceu sem o movimento de algumas articulações dos membros inferiores. E por isso, apesar de se mover com desenvoltura se apoiando nos braços e joelhos, faz uso da cadeira de rodas para percorrer longas distâncias.

O professor Elerubes Dias, de Educação Física, costuma direcionar as aulas da educação infantil para o desenvolvimento motor. Em outras palavras, no lugar de jogos competitivos, os alunos vão brincar em circuitos que exigem equilíbrio e movimentos de correr, pegar, rolar, pular, mirar, entre outros. Bruno participava de todas as atividades, mas precisava de ajuda para alcançar as bolas.

Atento a essa particularidade, Elerubes trouxe para a aula algumas táticas do basquete para cadeirantes. Quando Bruno usa a cadeira nas aulas, já pode correr e pegar as bolas do chão sem interferência. Outros conceitos do esporte estão sendo treinados com o aluno, como propulsão e inclinação.

A professora, Zilzanir Sarmento, afirma que na sala de aula, o aluno nunca foi visto como diferente, nem despertou curiosidade e perguntas entre os colegas, já que interage, brinca e “apronta” como todos os outros. “Ele é tímido, mas independente. No parquinho, sobe em todos os brinquedos, corre com os outros, não me dá trabalho na sala de aula”, descreve a professora.

Artogripose

De acordo com a Fisioterapeuta Marcelle Pinheiro, Artrogripose é uma doença congênita, caracterizada por deformidade e rigidez nas articulações. A doença se manifesta no processo de desenvolvimento do feto. O tratamento da artrogripose inclui um plano de intervenção que tem o objetivo de desenvolver a independência da criança. Para isso a terapia ocupacional é uma das técnicas utilizadas. [Equipe ASN, colaboração de Heloísa Kayser]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox