Notícias Adventistas

Educadores adventistas debaterão mudanças no ensino brasileiro

Imagem aérea do Colégio Adventista de Lauro de Freitas. Educadores da Bahia e de Sergipe estão atentos às propostas de reforma do ensino no país.

Lauro de Freitas, BA…[ASN] Um fato: o ensino brasileiro vive um momento de revisão da estrutura de seu sistema atual. Aí você inclui a reforma do ensino médio, as mudanças do Exame Nacional do Ensino Médio, as orientações para a Base Nacional Comum Curricular. Um desafio para os educadores: participar do debate sobre essas mudanças.

É o que vai acontecer no Encontro Técnico da Área Educacional, que acontecerá nos dias 24 a 26 de abril, na próxima semana, na Faculdade Adventista da Bahia. Líderes do Sistema Adventista de Educação nos Estados da Bahia e de Sergipe se reunirão para debater essas mudanças e estudar adaptações no regimento, para atender as novas exigências legais. O lema do encontro: A educação muito além do ensino.

Declara Marco Góes, líder da Educação Adventista para Bahia e Sergipe: “Vamos acompanhar as mudanças, mas manter aquilo que caracteriza a educação adventista, que é uma pedagogia capaz de ir além do ensino, propondo valores e a formação do caráter, desenvolvendo cidadãos atentos a empenhar valores nesse mundo e com visão na eternidade”.

Uma participação especial será da promotora de justiça Cíntia Guanaes, representante do Grupo de Atuação Especial de Defesa da Educação, de Salvador, Bahia. Ela vai falar sobre os aspectos jurídicos para uma educação além do ensino. “Estamos felizes com a participação da doutora Cíntia Guanaes. Percebemos que o Ministério Público valoriza nosso regimento, e precisamos agora debater e acompanhar essas exigências legais”, disse Góes.

Participarão do encontro diretores, coordenadores, orientadores, capelães e líderes regionais do departamento. Nos Estados da Bahia e de Sergipe, a Educação Adventista conta com 29 unidades de ensino e 15 mil alunos. (Equipe ASN, Heron Santana)

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox