Notícias Adventistas

Educação Adventista promove ações no Dia Sem Tabaco

 

Faixas com alertas contra o fumo foram levados para a rua para chamar a atenção da população quanto os prejuízos do tabagismo. Campo Grande, MS…[ASN] O Dia Mundial Sem Tabaco, comemorado em 31 de maio, foi criado em 1987 pela Organização Mundial da Saúde (OMS), com o objetivo de alertar a população sobre os riscos do Tabagismo. Em Mato Grosso do Sul a data foi marcada por ações da Rede de Educação Adventista que em Campo Grande mobilizou 300 alunos, das duas unidades, em uma passeata que percorreu as principais ruas da cidade.
Faixas com alertas contra o fumo, um cigarro gigante e até um caixão foram levados para a rua para chamar a atenção da população quanto os prejuízos do tabagismo. Gláucia Lima, coordenadora pedagógica da Rede explica que as ações do Dia Mundial Sem Tabaco incluem também conseguir assinaturas para o Abaixo-assinado “Projeto Brasil + verde: jardins e praças livres do tabaco”.

O projeto foi feito em parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), e visa a aprovação de uma Lei Antitabaco que restrinja o fumo em locais públicos abertos, como praças e parques infantis. Segundo a coordenadora, já existem leis de restrição em locais fechados, mas a utilização de espaços abertos também expõe o não fumante aos malefícios do tabaco. Ela explica ainda, que a população pode apoiar o projeto entrando no endereço eletrônico da Petição Pública www.peticaopublica.com.br e colocando o nome da lista.

Para o estudante Artur Zanelatto, projetos assim incentivam as pessoas a abandonar o vício. Ele conta que há 15 anos seu pai deixou de fumar. “O mais importante é a pessoa desejar abandonar o vício, requer muito esforço, mas é possível”, declarou. O estudante listou ainda algumas doenças que os fumantes estão expostos, como o câncer e frisou os riscos do tabaco para os fumantes passivos.

Já o estudante Gabriel Félix falou sobre a importância das ações contra o Tabagismo. “A escola não restringe as informações somente aos alunos, mas promove formas para alertar e conscientizar a população sobre os malefícios do cigarro”, argumentou.

A movimentação da Educação Adventista e a relevância do assunto chamaram a atenção da mídia local, entre elas a TV Morena, afiliada da TV Globo e a TV Record que exibiram reportagens em seus telejornais regionais e estaduais. [Equipe ASN, Rosemeire Félix]

 

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox