Notícias Adventistas

Educação Adventista celebra a chegada da primavera com batismos

Kelvin Zeferino, aluno do 9º ano, foi batizado pelo avô, pastor Nelson de Souza. Foto: Aquivo CAJECampo Grande, MS…[ASN] Uma cerimônia batismal marcou a chegada da primavera para o Colégio Adventista Jardim dos Estados (CAJE), em Campo Grande. No dia 29 de setembro, 14 alunos da instituição e um colaborador foram batizados durante uma programação especial, que reuniu 600 pessoas na Igreja Adventista Central de Campo Grande.

Kelvin Zeferino, aluno do 9º ano, teve um motivo a mais para celebrar; ele foi batizado pelo próprio avô, o pastor Nelson de Souza. Além dos estudantes, Delcio Pereira, colaborador do colégio, também foi batizado. Delcio conta que o comportamento cristão dos colegas de trabalho chamou sua atenção. Os cultos que acontecem diariamente, antes do inicio das atividades despertaram seu interesse em conhecer mais a Bíblia. Depois de relizar os estudos bíblicos com a colega de trabalho Ana Santos, ele decidiu passar pelo batismo.
Para o pastor Eder Leal, diretor da rede educacional adventista no Mato Grosso do Sul, a educação e a igreja estão unidas pelo mesmo propósito: “Salvar para a eternidade”. Segundo ele, ver o colégio conduzindo meninos e meninas para a eternidade e presenciar estes batismos é motivo de celebração, e algo que “fortalece a Educação Adventista”.
De acordo com professor Arnaldo Balog Júnior, diretor do CAJE, as iniciativas desenvolvidas com os estudantes, famílias e funcionários fazem parte da principal meta do colégio, “ser uma porta de apresentação da mensagem de esperança”. Ele explica que a instituição mantém uma classe bíblica que visa atender a todos os interessados em conhecer as sagradas escrituras.
O pastor Caio Bergamini, capelão do colégio, coordena as classes especiais de aprofundamento do conhecimento bíblico. “Foi através destes estudos que estes 14 alunos compreenderam que o batismo é a demonstração pública da aceitação da mensagem de Cristo”, explicou Balog. Segundo o diretor, as famílias de sete alunos que foram batizados, não pertencem à Igreja Adventista, fato que reforça a missão da escola, “educar para a eternidade”, concluiu. [Equipe ASN, Rosemeire Félix]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox